http-equiv='refresh'/> BLOG DO ANDRÉ DO TÁXI - NOTÍCIAS SOBRE TÁXIS RJ - PONTO DE ENCONTRO PARA DEBATES DE IDEIAS: FILHO FEIO NÃO TEM PAI - PRIMEIRO DEBATE SOBRE O NOVO CÓDIGO DISCIPLINAR NO CLUBE GARNIER DESTACOU ALGUNS PONTOS QUE PRECISAM SER REVISTOS

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

FILHO FEIO NÃO TEM PAI - PRIMEIRO DEBATE SOBRE O NOVO CÓDIGO DISCIPLINAR NO CLUBE GARNIER DESTACOU ALGUNS PONTOS QUE PRECISAM SER REVISTOS

Cerca de 130 motoristas de táxis participaram nesta tarde do 1º encontro para debater o NOVO CÓDIGO DISCIPLINAR dos taxistas. O próximo debate está marcado para acontecer dia 16 de janeiro de 2014,das 13 horas até no máximo 15 Hs. no clube Garnier, rua Ana Neri, 1540 - Rocha.

Os pontos mais discutidos nesta fase, foram os artigos que punem o titular com a perda da autorização, caso o auxiliar cometa infração grave, o que trata do uniforme, proibição de manifestação e a obrigação de 40 horas de trabalho por semana entre outros.

Em relação a co-responsabilidade do titular, todos concordam, mas a pena de cassação ficou muito pesada. A sugestão é que se aplique uma multa ao titular e casse o registro do auxiliar( que cometeu a infração).

Quanto ao uniforme, alguns questionaram sobre o uso de bermudas, e pedem autorização para usar além do sapato, os tênis. Outra sugestão é o uso de camisa com manga ( malha básica).

Um artigo proibe o taxista de fazer manifestação pois pune com cassação quem obstruir a via intencionalmente, o que geralmente acontece nos casos das carreatas.

A obrigação de 40 horas mínimas por semana, levantou a discussão quanto aos mais idosos e a incoerência, pois motoristas de ônibus, trabalham 06 horas e 40 Min.

Nesta sexta feira dia 10 de janeiro, a SMTR irá realizar palestra explicativa sobre o novo código no auditório do Guerenguê, sito a estr. do Guerenguê, 1640 - Jacarepagua, entre 09 da manhã e meio dia.

Um e-mail foi disponibilizado para esclarecer dúvidas dos taxistas:
novocodigo.taxis@gmail.com

Falamos ainda sobre a iniciativa e a participação dos taxistas no novo código. Vários presidentes de cooperativas, sindicato, nós do taxinforme, participamos de algumas reuniões onde os temas foram abordados de forma geral e não da redação que foi publicada.

Idéias como a de se padronizar a vestimenta do taxista, gps nos táxis, manter o insulfilm, padronizar os táxis especiais na cor preta, e co-responsabilidade do titular quanto aos atos do auxiliar, foram apoiados pela categoria.

Algumas pessoas estão jogando pedra antes mesmo de se informar melhor. Um documento desses, precisa ser muito bem explicado para ser compreendido.

Realmente não é muito fácil entender de primeira. Alguns itens como o do insulfilm, tem de ficar mais claro. O código não proibe a película, segue o mesmo padrão do CTB, mas isso não ficou escrito e precisa constar na regulamentação que deverá sair em breve.

O papel do taxista nesta hora, não é o de se desesperar, se apavorar e tirar conclusões precipitadas.
Vamos agir com sabedoria, participe dos encontros e debates que aconteceram nos próximos dias.

E só para não deixar passar em branco, já que a Abrataxi continua com seu côro xororô, postando fotos até de taxistas de outros estados, com a frase: Olha ! Esses aí são os responsáveis por este código !
Façam uma releitura e verifique em uma das ações que eles pediram na justiça que o código fosse atualizado e aumentasse a fiscalização em cima dos táxis. Lembram ?

Só para te ajudar, a pesquisa começa neste processo: 0021195-53.2011.8.19.0001


92 comentários:

  1. Andre, ninguem apoia essa ideia d gps como vc relatou acima!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que o secretario de transportes e o prefeito não conseguem entender é que o rastreamento por sistema gps não tem como ser implantado legalmente pois o serviços de taxis é um serviço autônomo
      seria como obrigar camelôs legalizados a andar com gps e obriga-los a ficar 8 horas por dia trabalhando
      pra fazer esta vontade do prefeito terá que afrontar a constituição que é claro a invasão de privacidades
      você nunca verá um motorista de onibus ir a praia ao shoping ao cinema ou ao motel de onibus porquê
      ele é FUNCIONÁRIO E O ÔNIBUS PERTENCE A UMA EMPRESA enquanto o taxis não é serviço essencial e nem obrigatório pois trata de um veículo particular fazendo serviço autônomo autorizado pela prefeitura portanto não há sequer brecha jurídica para levar esta idéia adiante e é obvio que a prefeitura participará do cotidiano do taxista que não se resume a carregar somente passageiros eé tambêm para uso pessoal.

      Excluir
  2. Sobre o insulfilm é fácil,basta solicitar aos táxis que usem o que já existe no mercado que é dispositivo
    eletrônico que informa claramente livre,ocupado ou fora de serviço isso resoulveria facilmente o que o
    preocupa o secretário que é a visibilidade e ainda tem um problema que por vias judiciais suspenderia
    facilmente esta parte tendo em ista que a suposta retirada do insulfilm,resultará em aumento evidente
    de consumo de combustível,muito mais poluição ambiental o que de certo despertaria a fúria dos ambientalistas e ainda os casos de cancêr de pele que aumentaria e muito nos taxistas e passageiros aliás basta o secretária pegar um engarrafamento as 14 horas na avenida Brasil especialmente em uma sexta feira que rapidinho verá que é inviável trabalhar com calor insuportável do Rio se insulfilm e por fim o prefeito iria ficar
    mau com os globais,famosos juízes e desembargadores que tripulamos na Barra que solicitam taxis
    exclusivamente com insulfilm pois estas pessoas gostam de privacidade e sem insulfilm ficariam expostos.

    ResponderExcluir
  3. Companheiros, precisamos dividir a questão do GPS em duas faces.

    Uma trata do controle das tais obrigatoriedade das 40 hs semanais, sou contra.

    Outra é saber onde está a frota, fazer estudos de demanda, saber direcionar para a melhor prestação de serviços a população e aumentar a rentabilidade do motorista.

    Existem modelos sendo analisados, em que o custo seria zero de implantação e o custeio ficaria a cargo da exibição de propaganda. Esta medida poderia trazer até uma renda extra para nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que o uso do GPS poderia ser integrado ao 190, pois seria uma boa ferramenta de reação, afinal, devido ao novo código disciplinar o meliante já embarca sabendo que o trabalhador está desarmado e isso é péssimo pra quem pode se tornar um refém.

      Excluir
    2. Quando falaram em GPS me veio a cabeça novamente o que aconteceu em Nova York, lá a prefeitura decidiu que todo o serviço de táxis seria administrado por empresas, então as permissões foram solicitadas e entregues as empresas de transporte, então todos os taxistas de lá(aqueles que quiseram lógico) passaram a ser funcionário das empresas terceirizadas, com 3 turnos diários de 8 horas e todos os veículos com GPS ligados diretamente as empresas, assim que o motorista pega um passageiro e aciona o taximetro, o GPS já avisa a central deles e quando termina a corrida volta a informar, automaticamente a central já sabe quanto deu a corrida, no final do turno, o motorista entrega todo o dinheiro e fica apenas com as gorjetas e o salário fixo no fim do mês ... quando falaram em GPS aqui me veio isso a cabeça na hora, porque os senhores podem acreditar, todo este movimento tem empresários por trás esperando exatamente isso acontecer, porque que os senhores acham que os grandes empresários de táxi do RJ, que tem mais de 500 e até 1000 táxis ainda não se manifestaram???? Se serão eles os maiores prejudicados financeiramente falando!!! porque eles querem fazer o mesmo projeto de Nova York aqui no RJ, no Brasil!!! E esta obrigação de GPS é exatamente para isso, não será para saber o quanto que o taxista do RJ trabalha, eles sabem que o povo daqui roda mais de 10, 12, 14 horas direto e tão pouco para saber onde há maior necessidade de táxis, isso o próprio taxista já sabe e vai para estes lugares, porque eles rodam toda a cidade e procuram sempre um lugar onde tenha mais corridas, isso é óbvio!!!! fiquem atentos para o que eu estou falando, o interesse é esse, todo taxista viram funcionário de carteira assinada e salário fixo no fim do mês e pelos salários que se praticam aqui no Brasil, pode-se ter noção do que se esperar desses fdp desses empresários!!! fiquem esperto!!!!!

      Excluir
    3. Aprenda mais uma vez. O governo é reacionário, mas não parece ser. O governo chama para dialogar depois mente e engana. Vejam agora trechos da matéria do mediados do blog: "Falamos ainda sobre a iniciativa e a participação dos taxistas no novo código. Vários presidentes de cooperativas, sindicato, nós do taxinforme, participamos de algumas reuniões onde os temas foram abordados de forma geral e não da redação que foi publicada" ... O que significa dizer que : O governo é reacionário, mas não parece ser. O governo chama para dialogar depois mente e engana.

      Acreditem, nada vai mudar, ninguém pode com esse poder constituído, que desapropria casa de cidadãos para construir calçadas e jardins, que deixa que os presos se matem para ter mais espaço nas celas, um brasil muito burocrático para não gastar a verba destinada em certos postos necessários interessam ao povão, enquanto isso, licitação de 80 kg de lagosta para os Sarney. Votem e reelejam para aposentar bem nossos amados políticos.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. André me desculpe mas reafirmo que tentar implantar GPS em taxis que é um serviço autônomo
      fere a constituição pois tira a privacidade e isso é fato ora é facil será que somente eu sei a resposta certa para o Secretário e o prefeito?é claro que a falta de taxis se deve ao fato de o RJ ter uma das tabelas mais baratas do mundo e a demanda é alta basta colocar o secretário de transportes junto com seu acessor e o prefeito em um taxi e seguir com os mesmos da Figueiredo
      Magalhães para a praça General Osorio que é um dos trechos mais percorridos que eles verão o
      resultado a corrida da por volta de 12 a 14 reais pouco mais que a passagem de ônibus ou seja
      na maioria dos trajetos curtos que é o mais usual,3 pessoas dividem uma merreca para andar
      nos belos Spins,Cobalt etc..etc.. com todo o conforto e é tambêm pelo trânsito caótico
      que vivemos que falta taxis.Eu mesmo já tripulei com pessoas do Recreio para Jacarepagua
      na qual as pessoas nem se conheciam apenas acharam que o ônibus estava demorando e
      ratearam um taxis entre o 3,estes estavam em um ponto de ônibus,o trajeto para a curicica
      deu 27 reais os três dividiram coube a cada um 9,00 para ir de taxis para casa aí está o motivo
      pela falta de taxis e isso não esquecendo que o prefeito retirou as Vans do Recreio e Barra e estas
      pessoas estão se juntando e pegando taxis o que é bom mas aumentou e muito a nescessidade
      de taxis naquela região e consequentemente a falta de taxis aliás a região Oeste é a mais carente
      da cidade.Se a idéia do GPS for adiante,o secretário se surpreenderá com o resultado pois descobrirá que o taxista do RJ passa metade do dia engarrafado e aí está a falta de taxi tambêm. Com toda estas exigências
      poderiam pelo menos nos presentear liberando os taxis para circularem pelas vias do brt pois
      imagino que da Barra ao Galeão pela via BRT,o taxi levaria 20 minutos em ambos trajetos e alêm
      disso já circulamos pela seletiva a anos e nunca ouve problema então deixo a sugestão,permitir
      pelas vias Transcarioca/Transolímpica/Transoeste e a futura Transbrasil a circulação de taxis ponto
      a ponto seria o mínimo para compensar todo o arroxo exposto nesse novo código.
      Segue a idéia mas original,n ão é nescessário gps,a prefeitura poderá utilizar-se das informações
      através dos aplicativos Easy taxi/Taxibeat/99Taxis orbigando todos os taxis a ter estes aplicativos
      que alêm de nos presentear com corridas de graça a custo zero,poderá saber aonde está o taxista
      quantas corridas fez etc...etc... pois estes aplicativos fazem exatamente o que o prefeito quer a
      diferênça é que este aplicativos nos presenteam com corridas,não precisamos nem procurar o endereçõ do passageiro pois os 3 aplicativos nos levam direto ao passageiro através do Wase
      que é um aplicativo GPS de alta qualidade que inclusive informa trânsito em tempo real e desta forma seria mais justo pois não haveria custo e a prefeitura faria esta parceria com as mesmas
      e saberiam tudo inclusive valor,tempo e trajeto da corrida ou seja,eles já fazem o que o prefeito
      quer fazer .

      Excluir
    6. PARA DE MENTIR PINÓQUIO, CHEGA NINGUÉM ACREDITA EM VOCÊ QUE TE SEGUE JÁ TÁ VENDO QUE TU É UM MENTIROSO.

      Excluir
  4. André boa noite,

    Temos um ano para a troca do veículo com mais de seis anos, e quem está com processo parado e não pode trocar devido a isso? Não consigo transferir a permissão devido a isso.

    ResponderExcluir
  5. Luz vermelha ocupado luz verde livre, tão fácil...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ainda tem aquele taxista burro que quer pegar passageiro com o farol aceso. O passageiro não consegue saber se está ocupado ou vazio. É dose!!!!!

      Excluir
  6. Boa noite. Meu nome é Ricardo e quero trabalhar como taxista. Alguém pode me dar alguma dica de como proceder ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu querido ainda estar tudo parado eu também estou nessa luta!!!!abraço..

      Excluir
  7. Ricardo paz si vc tiver com duvidas liga para esse tel7894-4292 fala com a pessoa que estar tentando resolver isso para nós o nome dele é André!!!amigo..

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pelo apoio meus amigos. .. Vou ligar pra esse número amanhã. .. Preciso me informar a respeito de tudo. .. Obrigado a todos.

    ResponderExcluir
  9. Em outras palavras:" A redação ou seja o texto da lei, não exprime o que fora debatido entre os presentes "convidados pelo então responsável" como afirma estas palavras do mediador do blog, no texto acima: "Falamos ainda sobre a iniciativa e a participação dos taxistas no novo código. Vários presidentes de cooperativas, sindicato, nós do taxinforme, participamos de algumas reuniões onde os temas foram abordados de forma geral e não da redação que foi publicada" ... O que significa dizer que: O governo é reacionário, mas não parece ser. O governo chama para dialogar depois mente e engana. Esta foi a interpretação que tive.

    ResponderExcluir
  10. Já que meu nome foi falado em uma conversa particular no Garnier , quero deixar público
    que não faço parte mas desse movimento taxinforme.
    infelizmente Eu sei de muitas coisas erradas que aconteceram e por esse motivo estou fora.
    quanto minha participação na Abrataxi realmente tenho participado de algumas reuniões com Ivan Fernandes
    pois quero informações de tudo que esta acontecendo . e você que quer saber da VERDADE faça o mesmo.
    porque todo esse tempo que fiquei no Taxinforme faltou transparência, faltou a VERDADE, tudo era sempre
    na proxima semana .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E OUTRA COISA TODOS TEMOS DIREITO AO LIVRE ARBÍTRIO .
      SE UM LUGAR NÃO ESTA BOM TEMOS QUE PROCURAR ATÉ ACHAR O MELHOR LUGAR
      VAMOS OLHAR A HISTORIA DO TÁXI .

      EU ENTREI NO TÁXI EM 2003, NÃO PODEMOS ESQUECER A HISTORIA DE PESSOAS
      QUE LUTARAM CONTRA TUDO E TODOS PARA TER SUA PERMISSÃO.
      QUERO MINHA PERMISSÃO NA MORAL SEM NENHUMA JOGADA POLITICA SEM NENHUMA ETAPA, QUERO POR DIREITO OU SEJA POR TEMPO DE SERVIÇO.

      Excluir
    2. Sr. Alexandre, com certeza seu nome foi falado, uma vez que muitos perceberam que o senhor se afastou repentinamente e fica ligando para colegas para saber o que rolou na reunião. Não existe falta de transparência, existe ignorância sua em não se comunicar, pedir explicações a pessoa certa que sou eu. Não entendo sua postura, pois o mais simples seria o senhor vir e perguntar.

      Jogada politica, é quando se negocia, se luta por um direito a uma classe. A própria lei 3.123/00 foi uma boa jogada politica a favor dos auxiliares daquela época.

      Nem todo mundo é obrigado a saber se expressar, mas o mínimo de decência e respeito deve se haver. O senhor está sendo leviano ao insinuar que há motivos para desconfiança, pois a maioria do grupo não vira as costas e vai atrás dos outros, está junto e participativo.

      Excluir
    3. Companheiro, deixe de ser cabeça fraca, tudo o que fazemos no movimento é as claras, pelo seu discurso, o senhor está sendo influenciado ou está confuso.

      É de muita ingratidão sua colocação. Lutamos todos juntos desde 2012 quando conseguimos incluir um artigo na Lei 5.492/12 que liberava as permissões cassadas aos auxiliares, infelizmente, as pessoas que hoje o senhor diz estar seguindo, impediram que estas chegassem as nossas mãos. Reflita e veja que nem o MP foi co-autor nessa ação, ele apenas entrou como "custus legis" ( fiscal da lei) que é obrigatório nesse tipo de ação judicial.

      Não tenho "rabo preso", e as irregularidades que o senhor insinua, não tenho menor problema em falar, é uma fofoca disseminada por um integrante do sindicato que é colado com o pessoal da abrataxi que nos deu um verdadeiro prejuizo financeiro, abusando da confiança do nosso grupo. Essa pessoa tomou emprestado R$ 200,00 e não prestou conta da venda de camisas no valor de R$ 250,00, alegando que precisou do dinheiro para se alimentar porque é diabético e blá,blá,blá...

      O problema que ele anda de carro importado e ostenta cordões de ouro e diz que não tem grana para honrar o compromisso com o grupo ?

      Já deu volta em outras pessoas lá da rua Padre Nóbrega, e para fugir da responsabilidade, fica espalhando por aí que o advogado do grupo perdoou a dívida, que ele é bonzinho e adora taxistas e por isso trabalha de graça para nós. Só que ele esqueceu de verificar os recibos de pagamentos, guias de depósitos na conta corrente do escritório e contrato que foi assumido por mim.

      Falar é fácil,difícil e sustentar a conversa fiada com documentos.

      Sr. Alexandre, o senhor me parece ser uma boa pessoa, seja humilde e controle sua ansiedade, as coisas realmente precisam de tempo para acontecer. Esta semana mesmo, não dizemos que fica para semana que vem, dissemos para mês que vem, não se comporte dessa forma, seja inteligente.

      Excluir
    4. PARA DE MENTIR PINÓQUIO, CHEGA NINGUÉM ACREDITA EM VOCÊ QUE TE SEGUE JÁ TÁ VENDO QUE TU É UM MENTIROSO.

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Uma pena Alexandre, mas não reconheço o Ivan como "moralizador da praça"...
    Um cidadão que pregava na época do DNM que o taxi era utilidade publica e agora em 2013 é serviço público... Também não sou o dono da verdade mas pra mim "gato será sempre gato e cachorro sempre cachorro, não posso mudar o conceito e definição desses animais somente por que eu quero favorecer o rato". ou vc acha sinceramente que o Ivan é um santo? Que não possui auxiliares? ou que muitos de seus diretores são ex DNM ou pessoas que já foram permissionários, que através de brechas burocráticas e jurídicas querem "moralizar" a praça...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DANI.EL NÃO SE ENGANE ESSE CARA É UM MENTIROSO

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. A SORTE DO ANDRÉ QUE ELE NÃO FOI BEIJADO !!! O CARA ANDA COM ELE, VÊ A LUTA DELE, SABE TUDO QUE ELE FEZ E FAZ, SABE QUE O OUTRO LADO É UM INFERNO E MESMO ASSIM O CARA SE VENDE, TRAI POR INTERESSE PRÓPRIO... É O MUNDO TÁ CHEIO DE JUDAS ISCARIOTES !!! AGORA NÃO SERIAM AS 30 MOEDAS E SIM UMA AUTONOMIA, QUE V E R G O N H A !!!

    ResponderExcluir
  15. Marcelo Alves, muito boa a sua definição sobre esse cidadão, faço minha as suas palavras...JUDAS!!!!!

    Essa é a verdadeira definição....Deixemos o judas (já tivemos outro lembra? esse é apenas mais um que deve dar até o rabo pra ter um permissã,o autonomia ou seja lá qual for a definição) de lado e vamos a luta pq DEUS está no comando...

    ResponderExcluir
  16. Nesse momento é normal q pessoas fracas mudem de lado por interesse proprio, ja q a prefeitura foi proibida de dar autonomias por tempo de serviço, oq q era correto, o cidadao foi tentar atraves de licitaçao, oq ele mesmo ja falou ser incorreto. Faz parte, o homem as vezes trai sua propria ideologia por dinheiro.
    Mas isso é fato pequeno, em relaçao ao codigo, o Andre esta certo quando diz q a prefeitura tem o direito de monitorar a frota por gps, e quem é contra alegando falta de privacidade esta errado, pois sabemos qas cooperativas ja fazem isso, alem de ser uma forma da prefeitura fiscalizar melhor o sistema, oq é interesante pro ususario, nao da pra ir contra isso. Agora obrigar a cumprir uma carga horaria de 40hrs é absurdo e ilegal, pois existe um prazo maximo de 6hr e 40 min pra quem trabalha dirigindo, alem de sermos autonomos. É contra issi q podemos brigar, contra o gps é perda de tempo. Tambem concordo q coresponsabilidade do permissionario em relaçao ao auxiliar é justa, mas a cassaçao nao pode ser aplicada nesse caso, é arbitrario, uma multa pessada e a exclussao do auxiliar seria o justo.
    Fora isso temos q nos atentar sobre os artigos q falam de cassaçao, como oq diz q qualquer descumprimento de sua obrigaçao como profissional pode gerar cassaçao, esse artigo contradiz o proprio codigo, q no capitulo sibre infraçoes so trata como cassaçao a famosa cobrança no tiro e deixar pessoa nao autorizada trabalhar no taxi. Ou seja, temos q brigar por coisas concretas, perder tempo com discussoes sobre uniforme ou insulfilm nao vai levar a lugar algum, sao coisas pequenas q podemos brigar depois e atraves de um simples decreto resolver, oq nao pode passar é a questao das 40 hrs e artigos q deixam brecha pra cassaçao como o q proibi carreatas e manifestaçoes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o codigo foi criado com base na lei 5.492 que a prefeitura dê o jeito dela em crimprir uma lei que ela mesmo criou dar as autonomias oor tempo de serviço.E ponto final esse bagulho de justiça proibi é maior lorota pra enganar trouxar , pois esse ano é ano de eleição.Ai mas pra frente eles inventam de liberar ai a justiça eleitoral proibe tudo safadeza.Ja estou de saco cheio. É MUITA HISTORIA

      Excluir
    2. Quem proibiu foi a justiça pelo pedido da Abrataxi, só falta agora o senhor dizer que eles estão a serviço da Prefeitura.

      Excluir
  17. Apagou os meus comentários dedeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo chagas, que o senhor fala besteiras eu já sei e isso pouco importa pois não tem credibilidade, agora o monte de palavrões, isso não dá.

      Fique a vontade, o espaço é democrático.

      Excluir
    2. PARA DE MENTIR PINÓQUIO, CHEGA NINGUÉM ACREDITA EM VOCÊ QUE TE SEGUE JÁ TÁ VENDO QUE TU É UM MENTIROSO.

      Excluir
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou diarista,mas se eu pagasse diária pra vc,depois dessa,cravaria seu maldito carro num poste,pode acreditar,tai uma boa sugestão!!!

      Excluir
    2. Se algum ¨rendição¨te dava algum crédito,a partir de agora vc virou mais um filho da puta,vai se fuder ,viado!!!!!

      Excluir
    3. quero ver vc chamar rendição de otário no meio da rapaziada,vc é covarde!

      Excluir
    4. Meu irmão de útero de mãe Puta, somos todos filhos da puta, ai mané já disse que tenho 5 autonomias e os meus auxiliares me pagam 100 reais por dia de segunda a sexta, não sou safado com eles dou uma moral para eles só que a realidade é esta os caras são fudidos na vida são cheios de filhos e moram de aluguel, deram mole eu não fiz o que foi certo no passado e hoje em dia me sustento nas costas de otários a realidade é esta e nem ligo porque os meus auxiliares são tão manés que nem sabem o que é internet direito e muito menos sabem quem é dede e Ivan são abilolado, mas são pessoas de confiança e pitotam muito bem, se vc não gosta de mim FODA-SE vc não me representa, não me sustenta só é meu irmão de útero que vc é tão filho da puta quanto eu, kkkkkk

      Excluir
    5. Ai quer trabalhar para mim Ricardo pode pegar um dos meus carros e cravar no Poste a 150 km/h mas tem que estar no volante igual a pilotos kamikaze, vc vai para o saco preto e eu fico sem carro durante 2 meses, depois o seguro me paga outro zerinho, hahahaha.

      Excluir
    6. Se vc sobreviver dou o carro zero que o seguro pagar e lhe passo a autonomia de premio, mas tenho que ver a porradaça a 150 km/h

      Excluir
    7. Faltam 58 dias para sua morte por doença terminal , aproveite seus 500 reais diários ( coisa de pobre ) . Mas vc vai morrer e sofrendo MUIIIIIITO !!!

      Excluir
    8. O Juan de merda para de dizer que vem me pegar e em logo porra todo mundo sabe que moro naquele condomínio na Taquara, vem logo que depois faço o seu enterro na minha funerária Makoko, vc não é de nada já disse que eu quero é ver o sofrimento de todos vcs quero ver vcs definhando a cada sacanagem que a SMTR e que a Justiça fazem contra a sua classe desunida onde vc não valem nada e vão se fuder seus merdas Filhas da Puta.

      Excluir
  19. M E U V O T O É N U L O !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua MORTE se aproxima , aproveite !!!!

      Excluir
  20. Ao 068. Só se dá aquilo que se tem...infelizmente, é esse comportamento, que você tem a oferecer. Aos companheiros do Taxinforme, gostaria de deixar aqui, o meu pensamento, com relação a isso. Quem em algum momento de sua vida, não conheceu alguém que de alguma forma, demonstrou que não merecia a sua amizade. Pois é, quando isso acontece comigo, costumo agradecer a Deus, por deixar claro, ou melhor: por afastar, o mal do meu caminho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TARS !
      PELO CONTRARIO, O MELHOR DE TUDO ATÉ AGORA FORAM AS PESSOAS
      QUE CONHECI NO MOVIMENTO. PORÉM E COMO UM RELACIONAMENTO
      NÃO DEU CERTO E CADA UM SEGUE SEU CAMINHO QUEM FOR MEU AMIGO
      VAI CONTINUAR SENDO E QUEM QUISER LEVAR PARA O PESSOAL QUE ASSIM TAMBÉM FAÇA.

      AGORA NÃO VOU TRABALHAR PARA RESOLVER PROBLEMA DE EMPRESA E NEM POLITICO. TUDO QUE FIZ NO MOVIMENTO FOI ACREDITANDO E QUANDO VOCÊ NÃO ACREDITA MAS A PORTA DE SAÍDA E O MELHOR LUGAR .
      E QUANTO MINHA MANIFESTAÇÃO AQUI E PORQUE ONTEM MEU NOME FOI DITO EM
      UMA CONVERSA ENTRE ALGUMAS PESSOAS.

      Excluir
    2. Problema de empresas ? nossos herdeiros e como vc fez parte do taxinforme sabe que somos pessoas comuns também. E as pessoas q investiram seu único dinheiro suado q vc sabe o quão é difícil de juntar. Nada ? essas pessoas não merecem respeito e o direito ao seu trabalho ?! os que merecem são abrataxianos motoristas de ônibus, ou outros que querem Revender sua autonomia "ganha" e ainda sobra os outros que não tem onde cair morto sem o menor preparo de nada quererem licitação que talvez mau saibam soletrar isso. Agora que tem algo errado blz, até pq a lei federal foi ignorada pela "juíza" de forma muito duvidosa, mas trocar de lado lamentável, desculpe não o conheço ... mas eu prefiro perder tudo do que sentar e ouvir aquele babaca gordo, que tem auxiliar chamar os outros de "exploradores", sendo um.

      Excluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. AOS INCAUTOS:

    NÃO SE DEIXEM ENGANAR, POR ACASO QUEM FORAM OS CULPADOS PELA MUDANÇA DRÁSTICA DA PREFEITURA ? QUEM FOI QUE A COLOCOU COMO RÉU ? QUEM A COLOCOU PRESSIONADA, QUEM A COLOCOU NA JUSTIÇA ?

    RESPOSTA SIMPLES: FOI UMA PSEUDO-ASSOCIAÇÃO QUE NÃO REPRESENTA 0,001 % DA CLASSE DOS TAXISTAS.

    AGORA QUEREM DISTORCER E CULPAR O ANDRÉ ! SÓ PODE SER BRINCADEIRA, COMO SABEMOS QUE NÃO É, CONCORDAMOS QUE É MÁ FÉ ! ALIÁS SEMPRE OUVE DESSA PSEUDO. ESTÁ AÍ, A PREFEITURA ESTA BOTANDO TUDO NOS EIXOS, QUEM NÃO DEVE NÃO TEME, TIREI MEU INSULFILM, NÃO TEREI MAIS AUXILIAR, ALIÁS, SÓ TIVE UM E ME FERREI. AGORA, QUEM DEVE PRECISA TER CUIDADO PORQUE ESSA PSEUDO FERROU TUDO, COMO VOCÊ VAI "PRESSIONAR" COLOCANDO TEU COOPERADOR NA JUSTIÇA... É FERRO NA CERTA ! E TODOS VAMOS PAGAR POR CAUSA DESSA PSEUDO. QUANTO AO ANDRÉ, TORÇO PARA QUE ELE FIQUE LIVRE DOS TRAÍDORES E QUE PROCURE FAZER O BEM, NO MAIS, DEUS AJUDA !!!

    ResponderExcluir
  23. Pensamento de um companheiro Taxista, que concordo totalmente, será que alguns não entendem!!!


    "Na verdade este código é uma cortina de fumaça para a oficialização do carro executivo.

    Não tem autonomia para dar para os auxiliares mas tem para criar um novo serviço de taxi para concorrer com os amarelinhos e ficar com o melhor do mercado que São os turistas, hoteis,grandes empresas e grandes eventos.

    Por que não qualificar os permissionários e os auxiliares que se interessarem em trabalhar como taxi executivo ao invés de dar autonomia para quem nunca trabalhou como taxista.

    Sinto cheiro de coisa podre no ar."

    alberto
    roberto.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vcs abrataxiano são muitos engraçados, vcs querem de graça qualquer autonomia... e agora que talvez exista um executiva.. vcs mudam de interesse e já acham que tem direito a elas. Vcs são um piada

      Excluir
  24. Quem não se lembra quando nos jogos pan-americanos, na barra da tijuca, só se via os polos prata fazendo o nosso serviço. Uma empresa ganhou uma licitação para fazer transporte de pessoas relacionadas aos jogos e utilizou este tipo de veículos à época.

    Porque relembro isto. Um veículo de chapa cinza parado na porta de um hotel top de linha na zona sul, tem que existir, não como nosso concorrente direto mas para atender aquele que quer e pode andar em um excelente carro e não em nossos cheios de problemas. Existem pessoas que tem capital e são exigentes, pagam sem reclamar $200,00 ate o centro do rio ou uma boate. dinheiro para eles, não é problema. QUEREM CONFORTO E CARRO COM CHEIRO DE NOVO BANCO DE COURO E PRINCIPALMENTE UM SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL COM VALOR DE 500 MIL REAIS. Sem demagogia apenas a realidade dos níveis sociais. Amarelinho é o que sabemos é o taxi popular que leva gato, cachorro e papagaio graças a DEUS.
    Não se iludam, pé no chão. Existe espaço para todos dentro de cada realidade, diga sim ao executivo e não ao taxi especial que são os mesmos carros que os nossos e cobram mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fake BABACA, depois de lavar boca, Vá Se FUDER !

      Excluir
    2. Este é o típico tratamento de um taxista egoísta, que não percebe nada além do que vê. Uma pessoa literalmente irracional e egoísta, que sonha talvez em se aposentar pelo INSS ou experto como é luta para ter uma ou mais autonomias para explorar um negócio rentável e foda-se os outros. Lamentável sua pouca visão de cidadania.

      Excluir
    3. Aproveita e Vá Se FUDER......de novo.

      Excluir
  25. Inscrição de novos auxiliares, vai acontecer?
    Se vai, quando vai acontecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai mais acontecer, ninguém mais entra na praça, babou, já era vc se fudeu e não entra mais no sistema de táxi, vai procurar outro ramo que nem para coleirinho vc serve, hahahahaha

      Excluir
  26. Voltei.......ALEXANDRE068 vc esta abrindo com André ? tempos a trás eu ja havia comentado o andré só toma porrada, cai levanta, cai de novo. ta parecendo boneco do posto e agora este JUDAS chamado ALEXANDRE068. vc é muito safado alexandre e fica ligando pra saber o que acontece na reunião. pra falar para os outros , vc é muito sem vergonha.
    Ainda tem aquele que recebe a ligação do safado e diz tudo é outro safado.

    ResponderExcluir
  27. Taxi já virou terra de ninguém a muito tempo por incompetência de diversos gestores do município, mas também por conta de diversas organizações privadas de taxistas que causaram enormes prejuízos a colegas com suas altas taxas. Agora estão querendo ressuscitar os mortos rsrsrs
    DEPOIS QUE A PORTA FOI ARROBANDA "vamos colocar o cadeado".

    ResponderExcluir
  28. O que isso quer dizer? Deve ser piada...

    ?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

    Art. 13. Os registros de autorização outorgadas para os Taxistas Auxiliares serão
    cassados nas seguintes hipóteses:

    c) desvio comportamental, no qual a conduta do motorista ofereceu riscos à
    segurança, a boa educação ou à saúde da população;


    ?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

    ResponderExcluir
  29. PERMISSIONÁRIO VC QUE TEM AUXILIAR LIGADO A ESSE CÂNCER CHAMADO ABRATAXI , DÊ UM CARTÃO VERMELHO PARA ELE .

    NÃO DEMORA, ELE VAI TE DAR UMA FACADA NO SEU PESCOÇO !

    NÃO FALTA VAGA PARA MOTORISTA DE BUZÃO !

    VC TÁ CRIANDO COBRA PARA TE MORDER

    ResponderExcluir
  30. PARA DE MENTIR PINÓQUIO, CHEGA NINGUÉM ACREDITA EM VOCÊ QUE TE SEGUE JÁ TÁ VENDO QUE TU É UM MENTIROSO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vero o dede só enrola junto com o traidor do Osório, bando de traíra.

      Excluir
  31. PARA DE MENTIR PINÓQUIO, CHEGA NINGUÉM ACREDITA EM VOCÊ QUE TE SEGUE JÁ TÁ VENDO QUE TU É UM MENTIROSO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Igual no filma da tropa de elite ai eu incorporo o Capitão Nascimento e o dede fica no lugar daquele soldado novo e então encosto o dede na parede e digo " vc é moleque vc é moleque não honra a classe dos taxistas, para de mentir para o pessoal " em seguida dou um tapa na cara dele igual do filme, kkkkkk

      Excluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. O nome certo do Taxinforme é Taxinkaô, rsrsrs

    ResponderExcluir
  34. Pensamento de um companheiro Taxista, que concordo totalmente, será que alguns não entendem!!!


    "Na verdade este código é uma cortina de fumaça para a oficialização do carro executivo.

    Não tem autonomia para dar para os auxiliares mas tem para criar um novo serviço de taxi para concorrer com os amarelinhos e ficar com o melhor do mercado que São os turistas, hoteis,grandes empresas e grandes eventos.

    Por que não qualificar os permissionários e os auxiliares que se interessarem em trabalhar como taxi executivo ao invés de dar autonomia para quem nunca trabalhou como taxista.

    Sinto cheiro de coisa podre no ar."

    alberto
    roberto.

    ResponderExcluir
  35. Cadê o gordinho CUZÃO, vc sumiu ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. velho que mora em condominio do BNH ( antigo rs ) é coisa de gente muito pobre ..... Vc vai MORRER e rápido , faltam 56 dias pra gente comemorar o seu enterro em cova rasa ,,,sua doença não tem CURA e vc sabe disso .... jamis iria nesse lugar chamado taquara ...é no Brasil ? kkkkkkk
      vc vai MORRER sofrendo muito , é uma doença que te ataca por dentro ( apesar das coisas que vc já se introduziu ...rsrsrsrsr ) vc vai apodrecer lentamente e não vai poder fazer nada para impedir isso ..nem com seus míseros 500 reais por dia ...agora tu vê ? isso é dinheiro ...MENDINGO VELHO !!!!

      Excluir
  36. SERÁ QUE OS QUE SE CONSIDERAM AMIGUINHOS DO SECRETÁRIO NÃO FICARAM SABENDO DESSE CÓDIGO ANTES DA SUA ELABORAÇÃO?, JÁ QUE CONFIAM TANTO ASSIM NO SR. DOS TRANSPORTES QUE ADORA COMPACTAR OS PROBLEMAS DA CLASSE E EXTRAI-LOS NO BOM DIA RIO COMO SE TUDO ESTIVESSE DENTRO DA NORMALIDADE, NÃO TEM O POR QUE DE RECLAMAR AGORA, E PELO QUE EU PRESUMO ISSO É APENAS O COMEÇO DE UMA SÉRIE DE MEDIDAS QUE SERÃO TOMADAS CONTRA A CLASSE, É SÓ ESPERAR...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcello pelo que acompanhei, essa redação não foi divulgada para ninguém antes de ser publicada, mas o conceito é o mesmo que todos participaram. Imagino que o senhor não tenha experiência com essas situações, mas é assim que se constroi um estatuto.

      Mas qual é a sua opinião sobre os temas que estamos abordando mesmo ? Você pode fazer sua parte sugerindo algo de útil para nós ao invés de ficar fazendo politica.Tá na cara que o caro leitor é bastante politizado.

      Excluir
    2. ANDRÉ; PRIMEIRAMENTE GOSTARIA QUE SOUBESSE QUE SOU GRATO POR TUDO QUE TEM FEITO PELA CLASSE, MAS INFELIZMENTE NÃO SÃO TODOS QUE TE APOIAM, MAS ISSO NÃO SIGNIFICA QUE ESSES QUE NÃO TE ACOMPANHAM APOIEM OUTRAS ASSOCIAÇÕES, QUANTO AO DEBATE; ACHO MUITO ÚTIL PORÉM COM UM POUCO DE ATRASO,SE TODOS NÓS SABÍAMOS QUE ESTAVAM ELABORANDO UM NOVO CÓDIGO, ENTÃO PORQUE NÃO FOI DISCUTIDO COM A CLASSE PELO SR. DOS TRANSPORTES? ANDRÉ; SUA(NOSSA) LUTA NÃO É SÓ COM A ABRATAXI, TEM MP,PREFEITURA,SINDICATO E MUITOS TAXISTAS NESSE BOLO.

      Excluir
  37. ESTÃO ESPALHANDO PONTOS DE VANS POR TODA A CIDADE CARIOCA PARA 'FACILITAR A VIDA DOS TURISTAS',QUE POR SINAL PIOROU, MAS DE ONDE ESTÃO VINDO TANTOS MOTORISTAS?, PORQUE NÃO PENSARAM NOS AUXILIARES?,SÓ NÃO ENTENDE QUEM NÃO QUER...

    ResponderExcluir
  38. Em questão aqui muitos babacas e fakes que não tem coragem de botar a cara nesta merda.Dizendo pro ai que o alexandre e judas e isso e aquilo procurem primeiro saber a verdade da historia inteira eu sei... e vou falar n estou do lado nem do taximforme nem da abrataxi sou autonomo. Alexandre 068 ignore esses otarios que estão lhe ofendendo eles nao tem coragem de por sua fotinho aqui... sao tudo uns alienados. acho que o alexandre 068 nao e o unico "judas" alias inteligente pra se dizer... lutei muito ao seu lado andré mais agora me cansei. E AOS MORALISTAS NESTA MERDA QUE DIZEM QUE O CAMARADA ALI E JUDAS CUIDADO EU SEI TDS QUE PROCURARAM PESSOAS NESTA MERDA AKI!!!! TO PUTO JA COM POVO ALIENADO DO CARALHO. SE SOUBESSEM A VERDADE NEM ABRERIAM ESSE BLOG NA VIDA.

    ResponderExcluir
  39. Abrir o blog tudo, agora ouvir o ivan ? Ouvir aquelees bostas ? Independente de quem está, a abrataxi nao está. Isso vc pode ter certeza. Em licitacao, garanto q nao percp nada, mas eu penso muitos q nao podem continuar. Dizem q vao financiar aos carros para seus associados, assim os "garantiriam" na abrataxi pagando semanal e caro mais caro. Esse é a jogada. Por isso a certeza de autonomia, é o unico sentido q faz. E depois brigariam por hereditariedads, garantindo suas familias, pq as dps oiutros foda se. Entao q sai daqui mas para la nunca. Prefiro vender lata dp q sentar com o diabo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao tem lado certo, mas eles sao metidos a esperto, falsos e frouxos. Quem se junta com porcos farelo come. E se tem algo errado aqui so expor. Existem pessoas de bem aqui, se vcs sabem de algo entao diga. Nao deixem mas taxistas sofrendo com falsas crenças.

      Excluir
    2. tem tanto podre neste angu meu amigo...

      Excluir
    3. Então só abrir o jogo, pq somos todos taxista e merecemos saber a verdade. Pq simplesmente abrir suspeitas sem explicar é errado.

      Excluir
    4. E tb nada justifica ir para a abrataxi. Melhor não se juntar a ngm e esperar para ver o q vai acontecer

      Excluir
    5. FABIANO, DIGO COM MUITA TRANQUILIDADE O QUE PENSO, E, COMO VOCÊ SABE, "BOTO A CARA" EM QUALQUER LUGAR.

      MAS SEMPRE DEIXEI BEM CLARO: NÃO CONHECIA ANDRÉ, IVAN, TAXINFORME, ABRATAXI, NEM OUTRAS PESSOAS OU ENTIDADES ATÉ DESCOBRIR QUE UMA AÇÃO MOVIDA PELA ABRATAXI ESTAVA EMPERRANDO A MINHA VIDA.

      PORTANTO, PARCEIRO, QUEM APOIA O MEU INIMIGO TAMBÉM O É.

      OUTRA COISA, NÃO TENHO "LÍDER", MAS ESTAREI SEMPRE AO LADO DE QUEM ESTIVER CONTRA ESTA QUADRILHA.

      SIMPLES ASSIM!!!

      Excluir
    6. eu so to vendo os 2 lados da moeda igual nos tempos de escola... eu nao perguntava as coisas a 1 professor e sim a 3 para saber a realidade.
      eu nao estou do lado de ninguem e não sou inimigo de ninguem so acho que deveriamos lutar com nossas proprias forças sem lideres.

      Excluir
  40. André se puder me responder agradeço, mesmo sendo declarada inconstitucional a lei municipal, por questões óbvias seria soberana a lei federal ou estadual caso houvesse. Será q os nossos promotores não sabem disso ? Será q o Osório não sabe disso ? Qual foi a defesa usada pelo estado contra a abrataxi, VC tem acesso a ela ?

    ResponderExcluir
  41. O Natal de 2013 ficará marcado como aquele em que o Brasil tratou garotos pobres, a maioria deles negros, como bandidos, por terem ousado se divertir nos shoppings onde a classe média faz as compras de fim de ano. Pelas redes sociais, centenas, às vezes milhares de jovens, combinavam o que chamam de “rolezinho”, em shopping próximos de suas comunidades, para “zoar, dar uns beijos, rolar umas paqueras” ou “tumultuar, pegar geral, se divertir, sem roubos”. No sábado, 14, dezenas entraram no Shopping Internacional de Guarulhos, cantando refrões de funk da ostentação. Não roubaram, não destruíram, não portavam drogas, mas, mesmo assim, 23 deles foram levados até a delegacia, sem que nada justificasse a detenção. Neste domingo, 22, no Shopping Interlagos, garotos foram revistados na chegada por um forte esquema policial: segundo a imprensa, uma base móvel e quatro camburões para a revista, outras quatro unidades da Polícia Militar, uma do GOE (Grupo de Operações Especiais) e cinco carros de segurança particular para montar guarda. Vários jovens foram “convidados” a se retirar do prédio, por exibirem uma aparência de funkeiros, como dois irmãos que empurravam o pai, amputado, numa cadeira de rodas. De novo, nenhum furto foi registrado. No sábado, 21, a polícia, chamada pela administração do Shopping Campo Limpo, não constatou nenhum “tumulto”, mas viaturas da Força Tática e motos da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) permaneceram no estacionamento para inibir o rolezinho e policiais entraram no shopping com armas de balas de borracha e bombas de gás.

    Se não há crime, por que a juventude pobre e negra das periferias da Grande São Paulo está sendo criminalizada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro, por causa do passo para dentro. Os shoppings foram construídos para mantê-los do lado de fora e, de repente, eles ousaram superar a margem e entrar. E reivindicando algo transgressor para jovens negros e pobres, no imaginário nacional: divertir-se fora dos limites do gueto. E desejar objetos de consumo. Não geladeiras e TVs de tela plana, símbolos da chamada classe C ou “nova classe média”, parcela da população que ascendeu com a ampliação de renda no governo Lula, mas marcas de luxo, as grandes grifes internacionais, aqueles que se pretendem exclusivas para uma elite, em geral branca.

      Antes, em 7 de dezembro, cerca de 6 mil jovens haviam ocupado o estacionamento do Shopping Metrô Itaquera, e também foram reprimidos. Vários rolezinhos foram marcados pelas redes sociais em diferentes shoppings da região metropolitana de São Paulo até o final de janeiro, mas, com medo da repressão, muitos têm sido cancelados. Seus organizadores, jovens que trabalham em serviços como o de office-boy e ajudante geral, temem perder o emprego ao serem detidos pela polícia por estarem onde supostamente não deveriam estar – numa lei não escrita, mas sempre cumprida no Brasil. Seguranças dos shoppings foram orientados a monitorar qualquer jovem “suspeito” que esteja diante de uma vitrine, mesmo que sozinho, desejando óculos da Oakley ou tênis Mizuno, dois dos ícones dos funkeiros da ostentação. Às vésperas do Natal, o Brasil mostra a face deformada do seu racismo. E precisa encará-la, porque racismo, sim, é crime.

      Excluir
    2. Eita porra, que cheiro de maconha” foi o refrão cantado pelos jovens ao entrarem no Shopping Internacional de Guarulhos. O funk é de MC Daleste, que afirma no nome artístico a região onde nasceu e se criou, a zona leste, a mais pobre de São Paulo, aquela que todo o verão naufraga com as chuvas, por obras que os sucessivos governos sempre adiam, esmagando sonhos, soterrando casas, matando adultos e crianças. Daleste morreu assassinado em julho com um tiro no peito durante um show em Campinas – e assassinato é a primeira causa de morte dos jovens negros e pobres no Brasil, como os que ocuparam o Shopping Internacional de Guarulhos.
      topo-posts-margem



      A polícia reprimiu, os lojistas fecharam as lojas, a clientela correu. Uma das frequentadores do shopping disse a frase-símbolo à repórter Laura Capriglione, na Folha de S. Paulo: “Tem de proibir este tipo de maloqueiro de entrar num lugar como este”. Nos dias que se seguiram, em diferentes sites de imprensa, leitores assim definiram os “rolezeiros” (veja entrevista abaixo): “maloqueiros”, “bandidos”, “prostitutas” e “negros”. Negros emerge aqui como palavra de ofensa.

      O funk da ostentação, surgido na Baixada Santista e Região Metropolitana de São Paulo nos últimos anos, evoca o consumo, o luxo, o dinheiro e o prazer que tudo isso dá. Em seus clipes, os MCs aparecem com correntes e anéis de ouro, vestidos com roupas de grife, em carros caros, cercado por mulheres com muita bunda e pouca roupa. (Para conhecer o funk da ostentação, assista ao documentário). Diferentemente do núcleo duro do hip hop paulista dos ano 80 e 90, que negava o sistema, e também do movimento de literatura periférica e marginal que, no início dos anos 2000, defendia que, se é para consumir, que se compre as marcas produzidas pela periferia, para a periferia, o funk da ostentação coloca os jovens, ainda que para a maioria só pelo imaginário, em cenários até então reservados para a juventude branca das classes média e alta. Esta, talvez, seja a sua transgressão. Em seus clipes, os MCs têm vida de rico, com todos os signos dos ricos. Graças ao sucesso de seu funk nas comunidades, muitos MCs enriqueceram de fato e tiveram acesso ao mundo que celebravam.

      Excluir
    3. Esta exaltação do luxo e do consumo, interpretada como adesão ao sistema, tornou o funk da ostentação desconfortável para uma parcela dos intelectuais brasileiros e mesmo para parte das lideranças culturais das periferias de São Paulo. Agora, os rolezinhos – e a repressão que se seguiu a eles – deram a esta vertente do funk uma marca de insurgência, celebrada nos últimos dias por vozes da esquerda. Ao ocupar os shoppings, a juventude pobre e negra das periferias não estava apenas se apropriando dos valores simbólicos, como já fazia pelas letras do funk da ostentação, mas também dos espaços físicos, o que marca uma diferença. E, para alguns setores da sociedade, adiciona um conteúdo perigoso àquele que já foi chamado de “funk do bem”.

      A resposta violenta da administração dos shoppings, das autoridades públicas, da clientela e de parte da mídia demonstra que esses atores decodificaram a entrada da juventude das periferias nos shoppings como uma violência. Mas a violência era justamente o fato de não estarem lá para roubar, o único lugar em que se acostumaram a enxergar jovens negros e pobres. Então, como encaixá-los, em que lugar colocá-los? Preferiram concluir que havia a intenção de furtar e destruir, o que era mais fácil de aceitar do que admitir que apenas queriam se divertir nos mesmos lugares da classe média, desejando os mesmo objetos de consumo que ela. Levaram uma parte dos rolezeiros para a delegacia. Ainda que tivessem de soltá-los logo depois, porque nada de fato havia para mantê-los ali, o ato já estigmatizou-os e assinalará suas vidas, como historicamente se fez com os negros e pobres no Brasil.

      Jefferson Luís, 20 anos, organizador do rolezinho do Shopping Internacional de Guarulhos, foi detido, é alvo de inquérito policial, sua mãe chorou e ele acabou cancelando outro rolezinho já marcado por medo de ser ainda mais massacrado. Ajudante geral de uma empresa, economizou um mês de salário para comprar a corrente dourada que ostenta no pescoço. Jefferson disse ao jornal O Globo: “Não seria um protesto, seria uma resposta à opressão. Não dá para ficar em casa trancado”.

      Excluir
    4. Por esta subversão, ele não será perdoado. Os jovens negros e pobres das periferias de São Paulo, em vez de se contentarem em trabalhar na construção civil e em serviços subalternos das empresas de segunda a sexta, e ficar trancados em casas sem saneamento no fim de semana, querem também se divertir. Zoar, como dizem. A classe média até aceita que queiram pão, que queiram geladeira, sente-se mais incomodada quando lotam os aeroportos, mas se divertir – e nos shoppings? Mais uma frase de Jefferson Luiz: “Se eu tivesse um quarto só pra mim hoje já seria uma ostentação”. Ele divide um cômodo na periferia de Guarulhos com oito pessoas.

      Neste Natal, os funkeiros da ostentação parecem ter virado os novos “vândalos”, como são chamados todos os manifestantes que, nos protestos, não se comportam dentro da etiqueta estabelecida pelas autoridades instituídas e por parte da mídia. Nas primeiras notícias da imprensa, o rolezinho do Shopping Internacional de Guarulhos foi tachado de “arrastão”. Mas não havia arrastão nenhum. O antropólogo Alexandre Barbosa Pereira faz uma provocação precisa: “Se fosse um grupo numeroso de jovens brancos de classe média, como aconteceu várias vezes, seria interpretado como um flash mob?”.

      Por que os administradores dos shoppings, polícia, parte da mídia e clientela só conseguem enquadrar um grupo de jovens negros e pobres dentro de um shopping como “arrastão”? Há várias respostas possíveis. Pereira propõe uma bastante aguda: “Será que a classe média entende que os jovens estão ‘roubando’ o direito exclusivo de eles consumirem?”. Seria este o “roubo” imperdoável, que colocou as forças de repressão na porta dos shoppings, para impedir a entrada de garotos desarmados que queriam zoar, dar uns beijos e cobiçar seus objetos de desejo nas vitrines?

      Para nos ajudar a pensar sobre os significados do rolezinho e do funk da ostentação, entrevisto Alexandre Barbosa Pereira nesta coluna. Professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), ele dedica-se a pesquisar as manifestações culturais das periferias paulistas. Em seu mestrado, percorreu o mundo da pichação. No doutorado, mergulhou nas escolas públicas para compreender o que é “zoar”. Desde 2012, pesquisa o funk da ostentação. Mesmo que os rolezinhos, pela força da repressão, se encerrem neste Natal, há muito que precisamos compreender sobre o que dizem seus protagonistas – e sobre o que a reação violenta contra eles diz da sociedade brasileira

      Excluir

COMENTE COM RESPONSABILIDADE, NÃO USE PALAVRÕES, SUA MÃE OU SEU FILHO PODE ESTAR ACESSANDO ESTA PÁGINA. VAMOS MOSTRAR A EDUCAÇÃO DO TAXISTA, USEM O ESPAÇO DEMOCRÁTICO COM SABEDORIA