http-equiv='refresh'/> BLOG DO ANDRÉ DO TÁXI - NOTÍCIAS SOBRE TÁXIS RJ - PONTO DE ENCONTRO PARA DEBATES DE IDEIAS: Dezembro 2013

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

AUMENTO DE TARIFAS DOS TAXIS DO MUNICIPIO DO RIO E JANEIRO COMEÇA A VIGORAR NESTA QUINTA FEIRA DIA 02 DE JANEIRO DE 2014

Demorou mas saiu, o aumento das tarifas de táxis foi publicado hoje em diário oficial do municipio e passa a vigorar a zero hora do próximo dia 02 de janeiro. A partir de agora, dia 02 de janeiro será a nossa data-base. Antes não tínhamos noção se haveria aumento ou não, agora saberemos que todo ano haverá reajuste nesta data.

A idéia partiu da categoria, pois em dezembro temos a bandeira dois, dia primeiro é feriado e no dia dois começa a vigorar a nova tarifa, e o passageiro sente menos o impacto do aumento, uma vez que já veio de um mês de bandeira dois ( 20 %) e o aumento normalmente é menor. Este ano chegou próximo a 15 %, próximo ao pleiteado pela classe, 19 %. A intenção era passar o KM rodado na bandeira I de R$ 1,70 para R$ 2,00, mas a tarifa ficou em R$ 1,95 e R$ 2,34 na B II. A bandeira aumentou apenas R$ 0,10 e agora está em R$ 4,80.

As tabelas poderão ser retiradas nas regiões administrativas.

Para ver a publicação no D.O : http://doweb.rio.rj.gov.br/do/navegadorhtml/?edi_id=2283

RESOLUÇÃO SMTR N.º 2428 27 DE DEZEMBRO DE 2013


Autoriza o reajuste das tarifas do serviço de transporte de passageiros em veículos de aluguel a taxímetro - Táxis, das categorias Convencional e Executivo.

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE TRANSPORTES, no uso de suas atribuições legais, e

CONSIDERANDO as disposições do Decreto nº 38.242 de 26 de dezembro de 2013.

RESOLVE:


Art. 1º- Os autorizatários do serviço de transporte de passageiros em veículos de aluguel a taxímetro - Táxi, da categoria Convencional – cor amarela com faixa azul – ficam autorizados a cobrar os seguintes valores tarifários:
I – Bandeirada: R$ 4,80 (quatro reais e oitenta centavos);
II – Tarifa Quilométrica I - R$ 1,95 (um real e noventa e cinco centavos), das 06h00 às 21h00, nos dias úteis (segunda-feira à sábado);
III – Tarifa Quilométrica II – R$ 2,34 (dois reais e trinta e quatro centavos), praticada no período noturno de segunda-feira à sábado, das 21h00 às 06h00, bem como nos domingos, feriados e subidas íngremes, sem discriminação horária;
IV – Tarifa de hora parada ou de espera – R$ 24,57 (vinte e quatro reais e cinquenta e sete centavos);
V – Tarifa de volume transportado, com dimensões mínimas de 60 cm na maior dimensão e 30 cm nas menores – R$ 1,95 (um real e noventa e cinco centavos).

Art. 2º- Os autorizatários do serviço de transporte de passageiros em veículos de aluguel a taxímetro da categoria Executiva ficam autorizados a cobrar os seguintes valores tarifários:

I – Bandeirada: R$ 6,30 (seis reais e trinta centavos);
II – Tarifa Quilométrica - R$ 3,40 (três reais e quarenta centavos);
III – Tarifa de hora parada ou de espera – R$ 42,84 (quarenta e dois reais e oitenta e quatro centavos);
IV – Tarifa de volume transportado, com dimensões mínimas de 60 cm na maior dimensão e 30 cm nas menores – R$ 3,40 (três reais e quarenta centavos), desde que manuseado pelo motorista.
V – O valor da tarifa da tabela horária à disposição do passageiro: R$ 100,00 (cem reais).

Art. 3º - A cobrança dos novos preços deverá ser efetivada mediante confrontação do valor marcado no taxímetro com o valor indicado na tabela afixada internamente no vidro lateral traseiro esquerdo do veículo, até a aferição do taxímetro com a nova tarifa.

Art. 4º - Esta Resolução entra em vigor a partir de 00:00 h (zero hora) do dia 02 de Janeiro de 2014, revogando as Resoluções em contrário.


**********************************************************************************************************************************************************************
QUANTO AS DICUSSÕES EM TORNO DO CÓDIGO 

DISCIPLINAR


Companheiros, estou lendo vários comentários pra lá de tendenciosos em relação ao NOVO CÓDIGO DISCIPLINAR dos táxis do Rio de Janeiro. 

Defendo este documento, pois acredito que precisamos de regras para desenvolver o nosso trabalho. Estamos "largados" a anos. Sou taxista a mais de dez, convivo no meio de taxistas desde criança, pois na minha família tem vários, permissionários ( titulares) e auxiliares. 

Vamos debater o código com sabedoria, possíveis adequações e correções com certeza serão encaminhadas a SMTR, mas para isso vamos nos manter juntos para fazer a diferença. 

Críticas do pessoal da Abrataxi é normal e vão procurar qualquer brecha para nos desestabilizar. 

Neste mês de dezembro, ouvi de uma pessoa que foi assistir a reunião da Abrataxi e ouviu que estavam na ZONA DE CONFORTO, que nada mais iria acontecer. Mas um grupo de guerreiros foi a luta e conseguiu que saisse a liminar. Isso significa que o processo andou, e apesar da sentença não ser favorável a nós, de uma coisa temos certeza, não está mais nas mãos da mesma juíza e agora temos outros prazos e chances de mudar a situação. 

Vamos entrar o ano com pé direito, pedindo a Deus sabedoria e força !

EU SÓ VOU PARAR QUANDO EU GANHAR A MINHA AUTONOMIA !

PELA LIBERAÇÃO DAS TRANSFERÊNCIAS A TERCEIROS, VIÚVAS E DAS CASSADAS AOS AUXILIARES. PELA ENTRADA DE NOVOS AUXILIARES DA MESMA FORMA QUE NÓS ENTRAMOS ANOS ATRÁS. 

Um Feliz Ano Novo a todos !


Aqueles que estiverem no batente, vamos lembrar de cobrir os pontos os terminais, aeroporto, rodoviária, porto e revellon em Copacabana . 

Fiquem atentos ao Zello.com, canal do TAXINFORME.  

domingo, 29 de dezembro de 2013

NOVO CÓDIGO DE CONDUTA É BEM PARECIDO COM O DE 1970, O QUE MUDOU É QUE O DE 1970 VOCÊ NÃO CONHECIA

Mais de 300 comentários no blog, telefonemas, e-mail's e muita dúvida. Pelo que pude perceber, taxistas estão recebendo o novo código disciplinar como uma "bomba", mas na verdade essa impressão é a maior prova da falta de conhecimento da categoria em relação aos seus direitos.

Algumas multas chegavam a ser ridículas pelo seu valor, e por isso foram atualizadas com o máximo de R$ 625,00. Essa multa não chegava a R$ 200,00, aí eu te pergunto: Você já havia recebido uma dessas no passado ? Se a resposta for não, provavelmente o senhor ou a senhora não irá receber uma de R$ 625,00.

Com relação ao permissionário ser solidário ao auxiliar nas responsabilidades, nada mais justo, afinal de contas a categoria pede que os investidores saiam da praça. Esta ferramenta visa aumentar o risco do investidor ( se for o caso), e aumenta o cuidado em escolher melhor o auxiliar. Se você é um bom auxiliar, não comete infrações a todo momento, cumpre com suas obrigações, você será valorizado, pois desta forma o permissionário vai pensar duas vezes antes de te tomar o carro e dar para outro.

Quanto a recusa de passageiros, com certeza você poderá e deve negar uma corrida para uma área de risco ou local que comprometa a sua segurança, o que não pode mais acontecer é parar para o passageiro, baixar o vidro e perguntar : - Para onde o senhor vai ? Se a corrida não for interessante, deixá lo a pé, como os casos de moradores de Santa Tereza ou corridas curtas na Tijuca e outros bairros. Se está na rua é para trabalhar, e quando for embora para casa, desligue tudo e vá para casa. Não fique tentando conseguir pegar a corrida de um vizinho seu.

Antes, os passageiros ligavam para a SMTR e não eram atendidos, hoje, depois da gestão do Osório, as coisas mudaram. Quantos colegas não já foram chamados à sede do Guerenguê para esclarecer ocorrências de reclamação ?

Me perguntaram se este código só servia para nós taxistas, e se só nós seríamos penalizados e os Vip's estariam imunes a este novo código.

A resposta é simples, o novo código é para taxistas e não para vip's. A questão dos vip's, executivos ( carros particulares que fazem o serviço de táxis) tem de ser tratado não só com a repressão, mas com a ocupação da categoria, com pessoas comprometidas em assumir responsabilidade.

A categoria se subdividiu em cooperativas e enfraqueceu seu sindicato que hoje não o vemos fazendo seu papel, pode até ser que faça, mas nós não vemos...

Na Barra da Tijuca por exemplo, as cooperativas estão clamando por táxis para compor os seus quadros, mas estes preferem ficar no rolé. O passageiro liga uma, duas, três vezes e não é atendido, a sua corrida "queima". Ao reclamar com o porteiro do prédio que a cooperativa "A" falhou mais uma vez, logo lhe é apresentado uma que funciona, a opção " táxi executivo".

Os taxistas por sua vez, reclamam dos altos custos das cooperativas. Realmente não faz o menor sentido se cobrar do cooperado certas fortunas, baseando se mais no seu faturamento, do que propriamente nos custos operacionais. Só quem pode corrigir estas distorções são os próprios cooperados. Temos vários exemplos de cooperativas que conseguiram reduzir seu rateio aplicando novas metodologias para se tornarem mais competitivas no mercado.

Não adianta ficar só reclamando, pois quem não corre atrás do futuro que quer, tem de aceitar o que vier.

Dia 09 de janeiro, quinta feira, estaremos nos organizando mais uma vez no clube Garnier para decidirmos os rumos que vamos tomar em 2014. A reunião será as 13 horas. Nessa reunião, cabe a você sugerir as pautas, os assuntos que devemos decidir e ações que vamos tomar. Se a vida toda você agiu como chorão, agora você pode deixar de ser prego e virar martelo, o poder está em suas mãos.

Vou citar um artigo bastante interessante:
Fonte: http://www.marcosbersam.com.br/artigos/a-psicologia-do-elefante
 A Psicologia do Elefante
 
Este artigo abordará um tema instigante para mim, e espero que para você também. Vamos falar de crenças psicológicas falsas, ou seja, verdades mentirosas. Quando criança, um dos meus programas prediletos era carrinho de rolimã, empinar pipa, jogar bola de gude, brincar de garrafão,  esta última, devo confessar a vocês um tanto violenta; e como qualquer garoto de minha geração de ir ao circo . Uma grande lona, perfeitamente, esticada e simétrica alojava toda a trupe de artistas circenses, como também vários animais. O animal que mais me fascinava  era o elefante. Sempre majestoso e imponente, o elefante, era sinônimo de força e poder para mim naquela época. Por conseguinte, pensava assim: Por que ele sendo capaz de mover toneladas ficava acorrentado  uma estaca de madeira?
 
A minha minha mente ficou inquieta durante muito tempo, pois não compreendia o que fazia o temido aninal submeter-se aquele confinamento. Só muitos anos depois entendi, que quando bebê aquele elefante ficava acorrentado na mesma estaca e na época era o suficiente para aprisioná-lo. Como elefante não tem consciência e não sabe que cresceu , logo a falta de consciência fez com que ele não percebesse que não era mais um bebê. Elefante é elefante; você nunca verá um elefante se olhando no espelho, tirando foto, não tem ambição, não tem vaidade,por exemplo,  não quer se aposentar ,  nem  casar e muito menos comprar uma casa na praia. Ele quer ser apenas elefante, ele não pensa.
 
Existem muitas pessoas que são verdadeiros elefantes, e se comportam como tal, são fortes, entretanto, acreditam ainda que sejam criancinhas, bebês aprisionados em medos e correntes do passado.Se você que esta lendo este artigo , acha que a corrente é suficiente para lhe prender, pode estar comportando-se como o elefante. E importante lembrar que, esta estaca podem ser os medos, os traumas, as vivências , e violências sofridas no seu passado. O processo terapêutico é um dos facilitadores para rever a eficácia dessas correntes, como muitas vezes nossos pensamentos equivocados que nos aprisionam, isto é, são correntes mentais que nos impedem de fazer opções.
 
A maioria das pessoas se intimida com o calibre dos elos, do material da corrente. Entretanto, pouco ou quase nada percebem , que seu foco deve ser a estaca, por exemplo,  puxando a estaca você não será detido pelas correntes. Não é o visível, que te aprisiona, ou seja, as crenças , o negativismo, a sensação de menos valia são as estacas que impedem voce de desafiar os grilhões de outrora. A pessoa quando se vê na iminência de viver sem as estacas, pode sentir uma angústia, por exemplo, não ter mais a certeza de que fará as escolhas certas pode paralisar por um instante. Com isso, podemos asseverar que ser humano e aceitar o desafio da escolha, se embrenhar na impermanência do hoje. A escolha é sua, isto é, continuar domesticado e recebendo aplausos num picadeiro ou se comportar como o bicho mais incrível o homem.

Psicólogo Marcos Bersam

*************************************************************************************************************

PARA ACESSAR ESTE MEIO, BASTA BAIXAR O APLICATIVO ZELLO.COM , DISPONIVEL PARA ANDROID, IOS, WINDOWS E CRIAR UMA CONTA. DEPOIS BASTA ADICIONAR O CANAL TAXINFORME. 

De segunda sexta, por volta das 20 horas costumo entrar no debate e inclusive responder perguntas. Ontem que entrou pela primeira vez e aprovou foi o secretário de transportes do Rio, Carlos Osório e esclareceu dúvidas de muita gente. 

Neste canal, há um grupo de moderadores que bloqueiam o acesso de pessoas que usam vocabulário inadequado, segundo as regras do canal.


QUERO DEIXAR REGISTRADO AQUI O MEU LAMENTO PELA QUANTIDADE ENORME DE BESTEIRAS QUE ALGUNS TAXISTAS ESTÃO ESCREVENDO POR AQUI. 
Uma verdadeira vergonha, pois só fazem espelhar a imagem da categoria, será que esta pessoa não pensa que o maior prejudicado é toda a classe ? 

Vamos manter todos os comentários livres, viva a democracia !

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

NOVO CÓDIGO DISCIPLINAR DOS TAXISTAS DO RJ

Prefeitura publica novo Código Disciplinar do Sistema de Táxis


Veículos passarão a ter GPS e cumprirão carga mínima de 40 horas semanais de serviço



A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), publica na edição do Diário Oficial desta sexta-feira, dia 27/12, decreto do prefeito Eduardo Paes com o novo Código Disciplinar do Sistema de Táxis da cidade. A regulamentação passa a valer a partir do dia 2 de janeiro de 2014 e o objetivo da prefeitura é melhorar o atendimento, garantindo mais conforto e segurança aos usuários, além de permitir controle e fiscalização mais eficientes na prestação do serviço.
Datado de 1970, o código passou por um processo de revisão completa que durou nove meses. Nesse processo, foram ouvidos representantes da categoria, incluindo o Sindicato dos Taxistas e usuários. Entre as principais mudanças destacam-se a modernização dos veículos, maior qualificação dos taxistas, determinação de carga horária de trabalho, implantação de sistema GPS e atualização dos valores das multas, entre outras.
O novo código estabelece um mínimo de 40 horas semanais para a operação de cada veículo, aumentando, assim, a oferta de táxis no município. O monitoramento da atividade será feito por meio de equipamento GPS, que passará a ser obrigatório em todos os veículos.

Frota de táxis será modernizada
Com o objetivo de renovar a frota e garantir veículos mais confortáveis aos usuários, foi estabelecida vida útil máxima de seis anos para os táxis amarelinhos e de cinco anos para os veículos do tipo executivo; ar-condicionado em todos os veículos sem acréscimo de tarifa e impressora de recibos dos valores das corridas. Outra mudança é que não serão autorizados táxis amarelinhos do tipo hatchback, ou seja, veículos com compartimento de malas integrado aos assentos dos passageiros ou com bagageiro de capacidade inferior a 350 litros.
Os táxis executivos deverão seguir padrão de cor preta e disponibilizar máquinas de cartão para pagamento, bancos de couro ecológico e vidros elétricos nas quatro portas. Além disso, o serviço executivo deverá oferecer Wi-Fi gratuito e o motorista deve ter curso de língua estrangeira. O táxi executivo poderá prestar o serviço turístico, por meio de tabela estabelecida pela prefeitura, contabilizada por hora e previamente acordada entre as partes. A medida visa a combater a prática de táxis fantasmas, veículos particulares que fazem serviço irregular de transporte de passageiros sob cobrança na cidade.

Taxistas reincidentes serão penalizados
As infrações ao código disciplinar passarão a ser contabilizadas por pontos: gravíssima, sete pontos; grave, cinco pontos; média, quatro pontos e leve, três pontos. Ao atingir 20 pontos no prazo de um ano, o taxista deverá cumprir suspensão de 30 dias e participar de curso de reciclagem homologado pela SMTR. As multas também sofreram alterações: no código anterior variavam de R$ 26,17 a R$ 157,06. Agora, vão de R$ 84,22 a R$ 625,70. Variação de quatro vezes entre a maior e a menor infração.
A nova regulamentação também exigirá maior cautela na escolha do taxista auxiliar, já que o autorizatário responderá pelo auxiliar em sistema de responsabilidade solidária. O objetivo é que haja maior comprometimento do autorizatário e também maior cautela na operação do serviço.
Os taxistas terão prazo para se adequar às novas exigências do código disciplinar, conforme disposto no próprio código e em regulamentações a serem expedidas pela SMTR. “Pesquisamos as melhores práticas internacionais para a atualização da legislação dos táxis. O sistema de táxis do Rio estava defasado e com o novo código entramos numa nova era, que vai oferecer mais qualidade de trabalho para o bom taxista e melhor experiência do serviço ao usuário”, disse o secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osorio.
*********************************************************************************

Esperado por muitos taxistas e prometido no início do ano de 2013 pelo secretário Carlos Osório, foi publicado em diário oficial do municipio o  NOVO CÓDIGO DISCIPLINAR, que revoga o anterior, decreto - E 3858/1970.

Este decreto foi construido com a participação de representantes da categoria, entre eles as cooperativas de táxis especiais, sindicato, Fecaperj e CRT. Nós também acompanhamos de perto os trabalhos desta nova legislação.

Revogar o decreto 3858/1970, irá trazer muitas mudanças também nos processos judiciais que pedem que algum item ele seja cumprido, uma vez que não mais existe, poderá haver reviroltas.

Para ler o texto na íntegra do decreto 38.242 de 26 de3 dezembro de 2013, basta acessar o link:
http://doweb.rio.rj.gov.br/do/navegadorhtml/?edi_id=2281

A próxima publicação é o aumento de tarifas, que deve acontecer na próxima segunda feira dia 30/12.
A especulação é que o aumento seja superior a 10 %, indice acima do esperado, tendo em vista que o último aumento a dois anos foi de 5,8 %. O KM rodado e sair dos atuais R$ 1,70, para cerca de R$ 1,90.
O aumento passará a valer a partir do dia 02 de janeiro de 2014 e as tabelas serão distribuidas nos mesmos locais de sempre, as regiões administrativas do Leblon, Vila Isabel, engº Novo, Ilha, Irajá, Campo Grande e outras.


*******************************************************************************
Com relação aos assuntos: Liberação de permissões cassadas, transferências a terceiros, inclusão de novos auxiliares e benefícios ( viúvas e herdeiros), tudo continua do mesmo jeito, não há qualquer novidade.

Para o pessoal que está fechando processos conforme a última decisão no processo judicial, as coisas devem acontecer na primeira semana e janeiro, a partir do dia 06.

Nossa próxima reunião no clube Garnier, é dia 09 de janeiro as 13 horas. Rua Ana Neri, 1540 - Rocha

Quanto ao palhaços de plantão, única coisa a concordar com eles: Se não houver mobilização/massa, vamos perder.

Força e perseverância, juntos somos mais fortes !

********************************************************************************

NOITE DE 31 PARA PRIMEIRO DE JANEIRO É UMA BOA OPÇÃO PARA FATURAR

Companheiros, temos de ficar atentos a necessidade do público em geral de se transportar nestas datas.
Vamos dar uma atenção especial Copacabana depois de meia noite, rodoviária, aeroportos e o Porto da praça Mauá.
Alguns falam em boicoite, mas isso só favorece os piratas, que com sua ausência, leva o serviço que é seu.

Sucessos a todos e bons faturamentos. Vamos nos empenhar agora em dezembro e quem sabe janeiros você pode tirar uns dias com a familia ?

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

FELIZ NATAL ! **** QUEM É O PAPAI NOEL DOS TAXISTAS ?

A
EMPILHANDO SO BRINQUEDOS
Quero agradecer as centenas de mensagens, telefonemas, e-mail, face e SMS que recebí nestes últimos dias. Aproveito para desejar tudo de bom a nossos leitores, amigos e anunciantes.

OS PRIMEIROS DA FILA
Alguns colegas estranharam porque não atendi o telefone em alguns momentos do dia, mas acredite, deixar o telefone no quarto, foi a única maneira de conseguir realizar tarefas simples do dia-a-dia que deixei acumular este ano. Aproveitei esse Natal para me dedicar a pendurar espelhos, fixar um quadro na parede, pintar uma parede, ajeitar as luminárias, enfim, coisas do lar.

Outra nobre tarefa, foi preparar a distribuição de brinquedos para as crianças de uma comunidade no bairro da Penha, zona norte do RJ.

Com a colaboração dos amigos Wagner da Táxi driver, Tunico de São Cristovão, Fabiano da Penha, Paulo, Agostinho da point 191, Moises e outros, compramos mais de 160 brinquedos novos, que foi distribuído neste dia 24/12.

Fizemos 120 cartões que foram distribuídos no dia 23 ( segunda feira), a fim de evitar tumultos em nossa porta. A distribuição aconteceu entre 19:30 e 20:00 Hs, O que sobrou, foi distribuído numa comunidade em Bráz de Pina, bairro vizinho.


As doações de brinquedos usados ( semi novos), foram alegrar os "coraçãozinhos" da cidade de São Joao do Paraiso, 3º distrito de Cambuci, próximo a Itaperuna, noroeste fluminense.
Com a ajuda de uma amiga/parceira do nosso jornal, conseguir encher três carros de passeio e levar as doações até lá. Segundo Beth, cerca de 500 crianças ganharam um brinquedinho entregue por ela.
Companheiros daqui do Rio, como Georgia, Werneck, Araújo e outros, se empenharam nesta campanha de arrecadação.

Ouvir de uma senhora com três meninos, uma escadinha, dizer: " - Esses três caminhões são o presente de natal dos meus filhos, se não fosse essa doação eles não teriam ganho nada."

Esse foi o clima de gratidão das pessoas que estiveram alí, e de muita satisfação de minha família e dos vizinhos que me ajudaram.

Fazemos estas campanhas desde 2005, em 2006 e 2007, fizemos esse trabalho com o pessoal da Alvorada táxis, e nos outros anos com amigos dos pontos de táxis que já trabalhei. Em 2012, com a ajuda do grupo do Garnier e do Cândido da Agility, fizemos doações de alimentos a um centro de reabilitação de dependentes químicos em Del Castilho.

Ajudamos asilos, orfanatos, comunidades e outros grupos que precisam do alheio para sobreviver.
Natal não é presente ou roupas novas, é o nascimento de Jesus Cristo, o maior líder da nossa história, e sua mensagem é o Amor. Estimular e despertar o voluntariado, a compaixão, são umas das nossas metas de trabalho. Cada um faz um pouco, e assim alcançamos um mundo melhor.

Dezembro é uma data que fica em evidência essas atitudes, mas lembre, precisamos ser mais humanos o ano inteiro !

Feliz natal a você e toda sua família !
************************************************************************************
 QUEM É O PAPAI NOEL DOS TAXISTAS ?

 Na segunda feira dia 23 de dezembro, fui procurado por alguns amigos, preocupados com uma discussão no facebook, na comunidade EU ODEIO A ABRATAXI, ELA NÃO ME REPRESENTA, entre o assessor parlamentar Araquém Assis ( assessor do ver. Jorge Felippe) e participantes da comunidade, a cerca de uma matéria veiculada no blog do TAXINFORME.

Na matéria, afirmamos que o governador Sérgio Cabral disse que poderíamos contar com ele, que exatamente no dia em que fomos até o Palácio Guanabara, saiu uma nova decisão no processo da 2ª Vara de Fazenda, retornando a condição que estávamos antes da sentença. Liberou para fazer cartão as pessoas que possui RATr, fechamento de processos de DNM já publicados e alguns benefícios de viúvas e herdeiros.

Informamos que havia um trabalho iniciado pelo vereador Jorge Felippe, que nas últimas semanas fez várias reuniões e consultas,inclusive pedindo aos procuradores ( advogados) da Câmara Municipal e Prefeitura que nos explicassem detalhes técnicos para que entendêssemos o porque de não votar o projeto de lei da sua autoria.

Uma discussão que ao meu ver é boba, qual é o taxista que não sabe que o politico nº 01 dos taxistas é o Jorge Felippe ? Ele tem história, isso ninguém pode negar, foram vários projetos de Lei em favor da nossa classe, e dizer que o governador está conosco e que ajudou a desembaraçar alguma coisa, em nada tira o crédito do nobre vereador.

 Aqui no blog, retrato como um diário, a realidade das coisas, os fatos que aconteceram.
Além desta visita, vários telefonemas e isso chamou atenção, por isso esta matéria. Com certeza Jorge Felippe é muito querido, os colegas me ligaram lamentando o ocorrido.

Não podemos ficar esperando em certas horas, sei que podemos confiar que o vereador irá trazer alguma solução para os problemas de transferências, hereditariedade, inclusão de novos auxiliares e liberação das permissões cassadas. A Câmara está em recesso, só volta dia 15 de fevereiro. Quando fomos a porta do palácio do Governador, vimos algo acontecer na hora.

Jorge Felippe, sempre foi um papai noel dos taxistas, este ano, seu presente só chega em fevereiro.
************************************************************************************
OUTRO PAPAI NOEL VAI CHEGAR DEPOIS DO DIA 25 DE DEZEMBRO

Dois compromissos com os taxistas, assumido pelo secretário de transportes Carlos Osório ainda falta acontecer.

01: Decreto regulamentando o NOVO CÓDIGO DISCIPLINAR
02: Aumento da tarifa de 2014

Alguns leitores nos pedem para cobrar empenho nas ações dos políticos em relação a nós, então está aí a nossa cobrança, será que a promessa do NOVO CÓDIGO DISCIPLINAR será cumprida ainda este ano ? E o aumento das tarifas ?

O pleito da categoria é em torno de 19 % no KM rodado. o último aumento foi de cerca de 6%. Qual será o percentual este ano ?

Vamos acompanhar até o dia 30, a atuação do papai noel da Smtr.

Alô Osório, não vamos deixar os taxistas sem aumento este ano !
 

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

INSCRIÇÃO DE AUXILIARES VOLTARÁ AO NORMAL EM ALGUNS DIAS

A secretaria de transportes em conjunto com a procuradoria já está trabalhando para restabelecer o serviços suspensos pela sentença da 2ª Vara de Fazenda e liberados em nova decisão publicada ontem, dia 19/12 no site do TJRJ.

Para ter valor legal, a decisão precisa ser publicada em diário oficial da justiça, o que arrastaria o restabelecimento dos serviços até o ano que vem, tendo em vista que a publicação leva de 05 a 10 dias em média, e o fórum entrou em recesso hoje, dia 20 e só irá retornar em 07 de janeiro de 2014.

Há uma burocracia a ser cumprida, e agora vamos depender do empenho do pessoal da SMTR e PGM a fim de ajudar os nossos trabalhadores.

************************************************************************************
CASO HOVESSE UMA LICITAÇÃO NOS TÁXIS HOJE, COMO SERIA ESTE PROCESSO ?

Vale considerar que temos 24 mil auxiliares, 30 mil permissionários e apenas 9 mil vagas, mas vamos supor que sejam mantidas as 32 mil atuais.

Se o objetivo da licitação é acabar com a exploração do homem sobre o homem, a figura do auxiliar deve ser extinta, e só ganhar a permissão, aqueles que vão trabalhar, certo ?

Ao fazer isto, pelo menos 54 mil pessoas estão habilitadas a participar do processo, pois são cadastrados em atividade na SMTR. Poderiam participar ainda, as pessoas inscritas, que possuem o RATr, mas não estão trabalhando, como ex permissionários ou ex-auxiliares, correto ?

Haverá ainda uma discussão básica, porque todo cidadão habilitado, motorista profissional, não poderia participar de uma licitação ?

O princípio da licitação preza pela IMPESSOALIDADE e ISONOMIA. Visa a melhor prestação do serviço, pelo menor preço.

Ainda temos os empresários interessados no setor, o pessoal dos Vip's e executivos, que vão enxergar uma oportunidade de legalizar sua situação.

Essas são as dúvidas da maioria dos taxistas, como vai ficar as viúvas ? E aqueles permissionários que não podem trabalhar e dependem da ajuda que recebem de seus auxiliares ?

Se eu não conseguir vencer a licitação perco a minha vaga de auxiliar também ?
Nós já sabemos as respostas para essas perguntas, mas seria bastante válido e elucidativo se o pessoal da Abrataxi ajudasse a esclarecer os fatos.

Seria muito melhor falar dos conceitos do que perder tempo "zoando" uns aos outros.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

SÉRGIO CABRAL AFIRMA APOIO AOS TAXISTAS QUE FORAM AO PALÁCIO GUANABARA *** CARTÕES SERÃO LIBERADOS ** AUTORIZADO O USO DE BERMUDAS AOS TAXISTAS DURANTE O VERÃO

TÁXIS VÃO SE ALINHANDO PARA A PARTIDA
Cerca de 100 taxistas se reuniram no clube Garnier, zona norte do Rio e partiram em comboio até o aeroporto do Galeão, na área de apoio aos taxistas as 14 Hs desta quinta.

No GIG, conversamos com vários colegas das cooperativas que atendem o terminal e recebemos o apoio de muitos. Ouvimos também a reclamação de que as cooperativas não estão informando a real situação da praça carioca, que estão sob a ameaça de sofrer uma licitação.

Alô presidentes de cooperativas, vamos perder o medo de falar a realidade ao quadro social ! A situação é grave e não adianta querer tapar o sol com peneira. Sei que muitos presidentes são atuantes e estão empenhados em resolver a situação, porém não entrou em suas cabeças que o momento demanda mobilização geral.

Alguns companheiros se juntaram a nossa carreata, Paulinho da Aerotáxi e outros, inclusive alguns táxis especiais, pois a permissão é a mesma, o que difere é a cor do táxi.

Chegamos na Rua Pinheiro Machado por volta das 16 Hs, e lá já estava um aparato policial nos aguardando. Houve um pouco de dificuldade para nos mantermos no local.

Um policial exigia a saída dos táxis de lá imediatamente, mas o grupo se manteve firme afirmando que os policiais poderiam exercer seu direito de multar e rebocar todos os táxis, mas que só sairíamos de lá quando fossemos atendidos. O policial diante da massa recuou e renegociamos os termos de nossa permanência.

Organizamos alguns táxis a 45º e outros em fila dupla, liberando uma faixa de rolamento da via que ficou interditada por alguns minutos.

WAGNER LEITE, PAULO VITOR, ARTUR BASTOS ( Casa civil), ANDRÉ DO TÁXI E WAGNER "TÁXI DRIVE"
Na mesa de reunião no Palácio Guanabara, fomos recebidos pelo chefe de gabinete da Casa Civil, dr. Artur Bastos, que nos relatou seu telefonema ao governador Sérgio Cabral.

Bastos garantiu que os processos já em andamento seriam concluídos. Segundo ele, o governador entrou em contato com o secretário Carlos Osório e o procurador geral do município, Dr. Fernando Dionísio, para apurar a nossa situação, em seguida pediu informações ao Tribunal de justiça.

Coincidência ou não, justamente no dia em que nos mobilizamos e fizemos outra carreata, o processo caminhou.

Vale lembrar, e para sermos justos e não atribuir os créditos somente ao Governador, vale lembrar que este movimento começou com a ação do vereador Jorge Felippe, presidente da Câmara, que conversou com o Prefeito, reforçando o esforço do nosso secretário Carlos Osório em buscar uma solução.

Acredito que tão logo a Prefeitura seja notificada, os serviços de emissão de cartão para quem possui RATr, conclusão de processos de DNM, publicação dos processos de viúvas e herdeiros.

lamento muito a falta de fé e perseverância da grande maioria afetada. Sei que muitos querem fazer meia hora de carreata e resolver tudo de uma vez. Se não alcança o objetivo nesta investida, logo desistem ou ficam sentados na "sombra do boi" aguardando dias melhores.

Com menos de 150 pessoas, conseguimos mover mais uma vez este processo, imagine se tivéssemos com 1.500 ? Pois é, temos que nos dar por satisfeitos com este paliativo que irá resolver os problemas de alguns, e ainda irá esvaziar um pouco mais a mobilização.

Vamos dar um tempo nas reuniões, retornaremos na segunda quinta feira do mês de janeiro, dia 09, as 13 horas no clube Garnier, rua Ana Neri, 1540 - Rocha.

Estamos encerrando o ano com prejuízo financeiro de aproximadamente R$ 2.000,00, referente as despesas com faixas, som, xerox e despesas da reunião.

Estou feliz em saber que estamos no caminho certo, que através da mobilização estamos avançando bastante neste processo, mas com um sentimento de impotência em conseguir convencer aos interessados a não desistir de lutar.

Não fazemos movimento para promover politica, aliás, fazemos sim uma politica sindical que não é exercida pelo próprio sindicato.

TAXISTAS COM FAIXAS, PANFLETOS E COLOCANDO FITAS AMARELAS NAS ANTENAS DOS TÁXIS

BATALHÃO DE CHOQUE POSICIONADO

O TRÂNSITO FICOU COMPLICADO NA REGIÃO

PIOR DO QUE NEGAR AJUDA, É QUERER AJUDAR QUEM NÃO QUER SER AJUDADO

Talvez quando as coisas piorarem bastante, pode ser que melhore. Quando acontecer por aqui o que aconteceu em BH por exemplo, não tenho dúvidas que não vai faltar gente para cotizar despesas, custear todos os custos e terão bastante tempo para participar de carreatas. Pode salvar esta postagem no seu computador como uma profecia nada difícil de se concretizar.

Parabéns aos guerreiros que lutaram conosco nesta tarde.

**********************************************************************************
Espero que leiam abaixo que foi reconsiderado o tratado em acordo do dia 18/06/2013 até que o processo seja julgado pelos desembargadores. Caso a sentença seja confirmada, haverá uma nova proibição de fazer cartões para quem tem RATr, então prestem atenção para depois não dizer que o Prefeito fez de "sacanagem" ( desculpem o termo). Com esta decisão abaixo, fica bem claro quem é o verdadeiro Pinóquio da história do táxi. Toma face Abrataxi...

0304289-75.2012.8.19.0001
Tipo do Movimento:
Decisão
Descrição:
Recebo o recurso no duplo efeito exceto no tocante ao capítulo que confirma a decisão liminar, em que recebo o recurso, apenas, no efeito devolutivo, artigo 520, inciso VII do Código de Processo Civil. Destaco que, reconhecendo este juízo o interesse social envolvido e a necessidade de resolver algumas situações pontuais em curso quando do deferimento da decisão liminar, esta teve seu teor flexibilizado nos termos da audiência especial de fls.1305/1307 e da reunião especial(fls.1317/1322) entre as partes envolvidas, de que resultou acordo homologado através de decisão de fl.1328. Diante disso, até julgamento final do processo, resta mantida a liminar na forma determinada por este juízo às fls.1305/1307, 1317/1322 e1308.
 *********************************************************************************
DECRETO Nº 38211 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2013
 
Dispõe sobre autorização do uso de bermudões, calças e bermudas.
 
O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais,
 
DECRETA:
 
Art. 1.º Fica autorizado o uso de bermudões, calças e bermudas na altura do joelho para os servidores municipais, motoristas de táxis, de ônibus, de vans e kombis credenciadas e trocadores de ônibus, a partir da data de publicação deste Decreto, até 31 de março de 2014.
 
Parágrafo único. Em função de situações específicas de cada órgão, os titulares das Secretarias e Presidentes de Empresas poderão regulamentar este Decreto.
 
Art. 2.º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
 
Rio de Janeiro, 18 de dezembro de 2013; 449º ano da fundação da Cidade.
 
EDUARDO PAES
 

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

PANFLETO DISTRIBUIDO NAS RUAS CONVOCA PARA ATO PÚBLICO NESTA QUINTA FEIRA DIA 19 DE DEZEMBRO DE 2013

Alguns acham que o ano já acabou, outros ficam esperando uma ação do Prefeito ou do Governador, mas será que eles realmente sabem o que está acontecendo ? Acho que nem os taxistas tem noção o que significa esta última sentença obtida pela Abrataxi contra os direitos de transferências e hereditariedade dos taxistas.

O que é licitação? Perguntou o taxista Carlos Murta, na última segunda feira ao Sr. Ivan Fernandes. A resposta foi a de que TODOS que estão no sistema, participariam do processo de licitação, por isso os taxistas não teriam nada a temer.

Quanto ao plano diretor, em caso de licitação, só haveriam 09 mil vagas. Ivan respondeu que isso seria mudado e continuariam os 32.000 táxis, até ai tudo bem, acredito que se houver licitação, existem meios de se manter a mesma quantidade de táxis, ou não.

Diante dessa resposta, eu pergunto:
Somos 56.000 TAXISTAS no total. 32 Mil permissionários e 24 Mil auxiliares.
Suponhamos que as empresas fiquem de fora da licitação e as atuais 1.671 sejam distribuídas neste bolo.

Suponhamos ainda, que um dos critérios que seja utilizado para privilegiar os profissionais da praça, seja o tempo de serviço. Diante deste critério, alguém poderia me responder quem estaria na frente?
Um permissionário que adquiriu a permissão a dez anos ou menos, ou um auxiliar com 13 anos de praça ?

Seguindo esta linha de raciocínio, quem é taxista a muito tempo, mais de 20 anos, pode ficar tranquilo, porém, quando não puder mais trabalhar, terá de devolver a sua permissão para a Prefeitura.

24 mil profissionais, ficarão de fora, pois dos 56 mil, somente 32 mil serão contemplados com uma licitação geral.

O risco é para todos. Se você adquiriu sua permissão a pouco tempo, o risco ainda é maior.

Na liberação das permissões cassadas aos auxiliares, entram no processo somente os taxistas auxiliares, e quantas permissões tiverem, quantos serão contemplados. Quem não conseguir, continua sendo auxiliar. Aqueles que se sentem escravizados, ou explorados, tem a oportunidade de sair e procurar outra atividade.

Se tivéssemos uma entidade realmente preocupada em trabalhar, distorções poderiam ser recompensadas, evitando abusos de certos permissionários em relação aos auxiliares.
**********************************************************************************

CARREATA DE REPÚDIO A SENTENÇA DA 2ª VARA DE FAZENDA PÚBLICA

REAÇÃO DA CATEGORIA DE TAXISTAS DO RIO DE JANEIRO

QUINTA FEIRA DIA 19 / 12

CLUBE GARNIER

DESTINO: AEROPORTO GALEÃO, SEGUE ATÉ O SANTOS DUMONT, PASSANDO PELA RODOVIÁRIA.

FINAL:  PREFEITURA ( PRES. VARGAS) e PALÁCIO GUANABARA ( Pinheiro Machado)
 
**********************************************************************************
ATENÇÃO TAXISTAS

 

A JUSTIÇA DETERMINOU QUE A PREFEITURA LICITE TODAS AS AUTONOMIAS DOS TÁXIS DO RIO DE JANEIRO.
                          

A Abrataxi conseguiu na justiça uma sentença que determina a licitação de todas as autonomias do RJ.


Proibe a inscrição de novos auxiliares e os inscritos de trocarem de carro. Acaba com o direito das transferências a terceiros, viúvas e herdeiros.

Não podemos ficar calados, nesta decisão, não existe DIREITO ADQUIRIDO. Mesmo que não consigam tomar sua permissão, você não poderá deixar para seu filho, esposa ou transferir quando se aposentar.

Caso fique doente, terá um prazo para se recuperar (12 meses) ou devolver para a Prefeitura licitar.

Precisamos reagir e entrar com recurso contra este desmando.

Só nós mesmos para nos defender! Reunião e carreata.

 

QUINTA FEIRA – DIA 19 DE DEZEMBRO

HORÁRIO: 12 HS. RUA ANA NERI, 1540 - ROCHA

 
WWW.TAXINFORME.BLOGSPOT.COM ( André do Táxi)
Copie esta página e compartilhe pelas redes sociais e e-mail aos amigos, faça sua parte!

TAXISTAS VÃO AO PALÁCIO GUANABARA PEDIR APOIO POLITICO AO GOVERNADOR SERGIO CABRAL ***** ÚLTIMA REUNIÃO DO ANO NO CLUBE GARNIER, CONCENTRAÇÃO PARA CARREATA DE REAÇÃO A SENTENÇA QUE OBRIGA A LICITAÇÃO NOS TÁXIS

Taxistas foram na tarde desta terça feira ao Palácio Guanabara pedir audiência ao governador Sérgio Cabral. Uma comissão foi recebida pela assessoria do Palácio que ouviu as alegações do grupo.
Um dos taxistas afirmou aos assessores que uma das razões de estarem alí é o fato de uma propaganda politica dizer que o Governador Ségio Cabral sancionou uma lei garantindo as transferências e a hereditariedade, mas esta não acontece por causa de uma sentença da justiça.

Sabemos que a questão é competência do Municipio, falar com o Governador, é uma questão de pedir apoio.

***********************************************************************************
AINDA HÁ ESPRENÇA DESTE ANO HAVER ALGUMA MUDANÇA NO PROCESSO

Segundo informações, o procurador geral do Municipio entrou nesta sexta feira com um pedido de anulação da sentença, o que pode acontecer a qualquer momento.

Taxistas vão se reunir nesta quinta feira e protestar pela cidade por causa da sentença da 2ª Vara de Fazenda e seus efeitos, como a proibição de taxistas que tem RATR de trocar de carros e o fechamento de processos administrativos.

A base que se reúne para fazer resistência as ações da Abrataxi, irá decidir nesta quinta feira se continua a luta ou se para, tendo em vista o grande desinteresse da categoria.

Não adianta ficar em casa esperando notícias, sentado atrás de um computador.

Esta semana vimos o exemplo dos colegas de São Paulo que foram as ruas e conseguiram manter o acesso de táxis nos corredores preferências nas ruas da capital paulista.

A reunião será quinta feira dia 19 de dezembro às 13 horas, ao meio dia os portões já estão abertos.



CLUBE GARNIER
RUA ANA NERI, 1540 - ROCHA
QUINTA FEIRA
DATA: 19/12  
HORÁRIO: MEIO DIA 

 

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

REUNIÃO NESTA TERÇA DIA 17.12.2013 NO ESTACIONAMENTO DO SINDICATO

Na verdade será apenas um ponto de encontro. Do estacionamento, vamos partir para uma reunião em outro local que só vamos informar na hora.

Quem puder ir junto ao grupo, vamos nos encontrar as 13 horas e sair de lá às 13.20hs.
Uns vão a reunião, outros darão carona e continuarão com suas atividades.

Já na quinta feira,  será a reação a sentença que proibiu os serviços na SMTR.
O encontro será as 13 horas no clube Garnier.

ATENÇÃO,  SÃO DOIS ATOS DISTINTOS ESSA SEMANA, UM NA TERÇA, OUTRO NA QUINTA.


SÃO PAULO TAMBÉM ESTÁ REAGINDO, COLEGAS DO RIO VÃO ATÉ LÁ PARA TROCA DE EXPERIÊNCIA



Valdecir,Tarcisio,  Wagner Rocha, Daniel Tavares, Paulo Vitor e sua esposa, seguiram na noite deste domingo para Sampa participar de uma carreata pela liberação da passagem nos corredores expressos, garantia as transferências, hereditariedade e outros temas.

Eles retornam ao Rio ainda hoje, e nos contaram via tel, que a carreata começou com cerca de 200 táxis e ao longo do percurso, mais de 500 colegas aderiram ao protesto.

 

NAVIOS NO PIER MAUA NESTA SEGUNDA FEIRA DIA16 de DEZEMBRO

Nesta segunda, a partir das 06 da manha, equipe da prefeitura estará no Pier Maua, organizando a chegada de passageiros.

Fiquem atentos ao canal TAXINFORME no aplicativo ZELLO.COM

sábado, 14 de dezembro de 2013

CORAÇÃO VALENTE ! *** EQUIVOCADOS OU ESTÃO MENTINDO ?

" Diga a seu líder que estamos trabalhando com afinco para estabilizar a situação de vocês "                                                                                                          Eduardo Paes, Prefeito do Rio

Essa foi frase foi ouvida pelo companheiro Reinaldo, na tarde deste sábado, em Vargem Grande, onde o prefeito participava de uma cerimonia.

Após nos reunirmos na manhã deste sábado para definir nossos próximos passos, o companheiro Reinaldo se dispôs a ir ao bairro de Vargem Grande, zona oeste da cidade e ao abordar o Prefeito sobre a situação dos taxistas, ele respondeu a frase em destaque acima.

************************************************************************************
Na próxima terça feira, vamos nos reunir no estacionamento do sindicato, ao lado do terreirão do samba, praça XI, Centro do Rio e vamos partir para mais uma empreitada. Podem participar todos os interessados na mudança deste quadro.

************************************************************************************
Na quinta feira dia 19 de dezembro, é o dia da reação a esta sentença. Não vamos ficar calados !

Não vamos adiantar nada, só sabemos que até auxiliar que tem RATR não poderá sair de um carro e ir para o outro. Os processos que estavam para ser terminados, não serão.
O acordo da justiça, feito dia 18 de junho caducou com a publicação da sentença final.
Não se trata de culpa do prefeito ou secretário, é uma questão de ordem judicial. Não se pode descumprir a sentença. O acordo era precário e só servia enquanto não saia a sentença, não faz o menor sentido ele estar valendo, a juíza foi bem clara.

Lí o texto que a Abrataxi publicou na página deles tentando se esquivar da responsabilidade, se eles são "os caras" porque nunca vão lá na juíza e resolve logo isso. Se não tivessem se metido a querer consertar o mundo, esses efeitos colaterais não estaria acontecendo.
O mínimo que eles devem fazer ainda esta semana, seria entrar com outra ação contra a Prefeitura e pedir a liberação das inscrições para quem tem RATR, fechamento dos processos de DNM, viúvas e herdeiros. Isso seria muito digno.

***********************************************************************************
CORAÇÃO VALENTE

Esta semana senti na pele um pouco que William Wallace, guerreiro, patriota escocês e herói medieval
 do final do século XIII, passou ao ser traído pelos nobres escoceses que mais interessados em manter as suas regalias junto da coroa inglesa, disseram que iriam para a batalha, mas ao chegar lá viraram as costas e deixou o pequeno exército de camponeses ser massacrado.

Muitas vezes confabulamos grandes ações que demandam a força da massa. Confiamos no compromisso dos colegas em nos ajudar, e quando chega a hora de "bater de frente", viram as costas, evitando o enfrentamento.

Alguns nobres taxistas chegam a ponto de dizer que não luta para não se "queimar" com algumas autoridades, e depois ainda ficam fazendo conspirações e intrigas no afã de desqualificar a nossa causa.

Hoje lutamos contra adversários declarados e o pior dos inimigos que qualquer um pode ter.

O FALSO AMIGO

A história de Coração valente, é ocntanda num filme dos anos 90, estrelado pelo ator Mel Gibson. Um clássico, porém atual, pois os covardes continuam aí até hoje. na sua frente falam bonito, sorriem e dão tapinhas nas costas. Quando nos viramos, metem o malho para outros amigos, e estes leais, nos retornam com indignação ao que ouviram.

Atitudes falam mais do que palavras, ninguém gosta de covardia, e se eles não se queimam com as autoridades, se queimam com os colegas.

Nada vai me tirar dessa luta, somente a vontade de Deus.

Vamos seguir confiantes que podemos vencer esta guerra, com atitude e menos falácia.
******************************************************************************************************
 EQUIVOCADOS OU ESTÃO MENTINDO ?

O nosso maior objetivo é esclarecer o nosso publico alvo, o taxista. Em sua página no face, Abrataxi tenta em vão jogar a opinião dos taxistas contra o Prefeito e o secretário Carlos Osório.

Equivocados ou estão mentindo ? Quando posto por aqui alguma pretensão do nosso grupo, e esta não acontece, nos insultam e nos chamam de Pinóquio, nos expondo a situações vexatórias, humilhantes que um apelido desses pode significar para quem age com clareza, transparência e tem a confiança de várias pessoas. Quando me xingam, xingam dezenas de pessoas que nos acompanham.

Vamos postar abaixo o texto do acordo realizado no dia 18 de junho de 2013, no processo 0304289-75.2012.8.19.0001. Leia a parte grifada em negrito.

Aos dezoito dias do mês de junho de dois mil e treze, às 14:30 horas, nesta cidade e comarca da Capital, Estado do Rio de Janeiro, na sala de audiências deste Juízo, presente a Exma. Dra .MARIA TERESA PONTES GAZINEU, MM. Juíza de Direito, foi aberta a audiência designada nos autos em epígrafe. Pela MM Juíza, foi determinada a realização do pregão, na forma legal. Presente o ilustre representante do Ministério Público, Dr. Flávio Bonazza de Assis. Presente a parte autora, representada por seu procurador. Presente o preposto da Associação, Sr. Ivan Ricardo de Moraes Garcia Fernandes, RG nº 05696267-3. Presente a parte ré, representada por seu procurador. Presente o Secretário Municipal de Transportes, Sr. Carlos Roberto Osório. Visando solucionar as questões pontuais que surgiram após o deferimento da tutela antecipada, as partes presentes chegaram ao consenso em relação aos seguintes pontos: 1) que os motoristas auxiliares que já possuam RATR poderão se vincular a outros motoristas permissionários, que também já estejam no sistema e possuam o seu respectivo RATR; 2) a SMTR poderá apreciar os 136 requerimentos para transferência de permissão, formulados pelo cônjuge sobrevivente ou companheiro, e na ausência deste, filhos, protocolizados antes da notificação judicial da SMTR sobre a liminar, que são os procedimentos administrativos em andamento, ficando impedida de receber novos requerimentos de transferência por causa mortis. Que dita permissão somente poderá ser transferida para uso da companheira, cônjuge ou filho, vedado o uso por terceiros, inclusive no que diz respeito à vinculação de auxiliares já cadastrados na SMTR às permissões. Em caso de impossibilidade do cônjuge ou companheiro conduzir o veículo, faculta-se a indicação de um filho para conduzir o veículo, na qualidade de motorista auxiliar, o qual estará vinculado especificamente à permissão do genitor. 3) que os pedidos administrativos de conversão de motoristas auxiliares à permissionários, formulados com amparo na Lei nº 3123, protocolizados até a data da ciência pela SMTR dos termos da liminar, poderão ter o seu curso retomado, cabendo à SMTR apresentar em juízo cópia dos procedimentos deferidos, ressaltando que são 97 pedidos que estão paralisados para análise na SMTR. 4) que restam inalterados todos os termos da liminar deferida. 5) que as partes estão cientes de que o consenso aqui obtido visa apenas, provisoriamente, a regular a situação, em caráter provisório precário e revogável, em sede de antecipação de tutela, ficando as partes cientes de que a tutela poderá ser modificada ao final, comprometendo-se a parte ré de dar plena ciência aos interessados deste fato, quando da análise do seus requerimentos. Pela MM. Dra. Juíza foi proferida a seguinte decisão: Ante ao consenso da partes, que se mostra razoável, e atende ao interesse social envolvido, determino que a decisão antecipatória, a partir de agora, passe a vigorar, observando os termos propostos pelas partes, mantida integralmente quanto ao mais. Intimados os presentes. Oficie-se, com urgência, à Desembargadora Lúcia Helena do Passo, da 1ª Câmara Cível do TJERJ, Relatora do Agravo de Instrumento nº 0005177-86.2013.8.19.0000, para ciência do teor da presente

 Caráter provisório, precário e revogável em sede da antecipação de tutela ( liminar).
Que poderá ser modificada ao final ( sentença)



Estão mentindo ou equivocados ? 
 

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

COMO SERIA A LICITAÇÃO NOS TÁXIS DO RIO DE JANEIRO ? COMO AUXILIARES PODERIAM SER BENEFICIADOS ?

A cerca de três anos me fiz esta pergunta. Foi neste dia que eu fui perguntar ao sr. Ivan Fernandes, presidente da Abrataxi. Nessa época, ele fazia parte do movimento que iniciamos no clube Magnatas. Ironia do destino, um grupo iniciado por mim, Pastor Marinaldo Gomes ( Táxi do Rei), William da Barrasol, Marcelo, Fábio do Táxi e outros.

No dia que comecei a questionar, fui acusado de ser um espião dos empresários, que estava a serviço de outros.

Sou auxiliar, comecei um movimento e caí no conto da Abrataxi que o melhor a ser feito era a licitação, de que o propósito da entidade era o de criar uma espécie de "novo sindicato" até ser surpreendido com a primeira liminar.

Reflitam comigo:

Temos 32.000 táxis, 32.000 permissionários e 24 mil auxiliares.
Com o lema de táxis é para taxista, que a figura do auxiliar deve deixar de existir imagine o resultado desta ação.

O plano direitor, diz que devemos ter apenas 9.000 táxis, mas vamos ser generosos e acreditar que o Prefeito e a Câmara editará nova redação ao plano diretor e mudar a proporção de 1 táxi para 700 habitantes, para 1 táxi a cada grupo de 200 habitantes.

Temos pelo menos 56.000 taxistas interessados em uma permissão, fora os outros cidadãos que poderão se habilitar ao processo que é impessoal, livre, amplamente divulgado e aberto a qualquer pessoa física ou jurídica que atenda os requisitos do edital de convocação.

Alguns permissionários irão perder sua permissão, pois não terão condições de disputar a licitação, isso é fato. Se hoje muitos perdem a permissão porque não fazem vistorias, alguns acabam vendendo por não ter condições de comprar um carro competitivo, imagine uma licitação.

Digamos que 20 % dos atuais permissionários percam sua autorização porque exercem outras atividades,não cumpriram alguma regra ou requisito mínimo, isso daria 6.400 novas vagas.

24.000 menos 6.400, sobram  17.600 auxiliares, isso se dessas 6.400 permissões, não forem parar nas mãos de empresas ou pessoas melhor qualificadas.

É comum profissionais liberais, ex-comissários de bordo, gerentes de nulti nacionais, migrarem para o táxi adquirindo uma permissão via desistência de outro. Imagine numa licitação ?

O sujeito está disposto a pagar R$120.00 numa permissão, imagine com esse dinheiro, o carro que ele poderia comprar ? E sua intelectualidade ? Muitos falam dois ou três idiomas.

Parabéns Abrataxi, vocês vão contribuir muito com a melhora dos serviços para a população do Rio de Janeiro, vocês estão corretíssimos, mas saibam de uma coisa, vão deixar milhares de pais de famílias desempregados.

Eu gostaria muito de um dia, alguém me ligar e dizer que vocês foram honestos e disseram a verdade sobre a realidade dos fatos.

Se eu for olhar para a categoria que pertenço, a de taxista, serei eternamente contra a licitação.
Se eu observar sob os olhos dos usuários e interessados em investir num táxi ( pessoa física ou jurídica), devo mudar de opinião e caminhar em favor da licitação.

Posso estar equivocado, mas isso eu só poderia esclarecer se na página de vocês, se dedicassem mais a explicar a realidade do plano que estão fazendo e falar menos da vida alheia.

Vocês não tem argumentos de convencimento. Eu jamais vou apoiar alguém só pela sua história do passado.

Sr. Ivan Fernandes, eu não sou pinóquio, o Taxinforme não é um jornaleco, trato a todos com respeito. Os apelidos e gozações são feitos por pessoas da nossa categoria em comum e nunca pela nossa página oficial.
Estou lhe enviando um pedido formal para que retire de suas postagens essas referências desonrosas e que desmoralizam uma pessoa de bem.

Não adianta me desqualificar, meus atos falam mais que mil palavras escritas por vocês.

Enquanto não for convencido com argumentos coerentes e fundamentados, não irei desistir de lutar contra o processo de licitação.

Por favor, expliquem claramente como o auxiliar poderia ser beneficiado ?
Sou um motorista auxiliar que abriu mão de dirigir, para lutar por um sonho de ter uma autonomia.
Deus me deu humildade suficiente para corrigir os meus passos, se a Abrataxi me convencer com argumentos de que a licitação é o melhor caminho para nós auxiliares e que permissionários não serão prejudicados, podemos reconsiderar o nosso posicionamento.

Lutar com lealdade. Resolvi escrever esta mensagem depois de tantos amigos se indignarem com a forma que a Abrataxi trata seus oponentes.Em particular a história de pinóquio, jornaleco...
Expliquei que isso com certeza não era coisa de Ivan Fernandes, pois apesar de vários defeitos que muitos identificam, o de fazer esse tipo de picuinha infantil na internet, não fazia seu estilo, mas que ele como presidente da entidade deve cuidar melhor de sua comunicação.

Nossas páginas são visitadas não só por taxistas, mas também por autoridades, populares e interessados no tema. O mínimo que esperam encontrar, são informações que possam ajudar a entender essa confusão.

QUAL SERIA A VANTAGEM PARA O MOTORISTA AUXILIAR NUM PROCESSO DE LICITAÇÃO DE TODAS AS PERMISSÕES NO RIO DE JANEIRO ? 

RESPONDE AÍ ABRATAXI.  
***********************************************************************************

Licitação de novos táxis tem 2.143 concorrentes para 750 autorizações

Esta será a primeira licitação da história para ampliação da frota curitibana

13/12/13 às 20:04   |  SMCS
(foto: Orlando Kissner/SMCS/Divulgação)
A concorrência das 750 autorizações para exploração do serviço de táxi em Curitiba terá 2.143 participantes. Este foi o número de propostas apresentadas até as 17 horas desta sexta-feira (13) na Área do Táxi da Urbs. A licitação para ampliação da frota – a primeira da história da cidade – entra na etapa final na próxima semana, quando serão realizadas sessões públicas para abertura dos envelopes de proposta e documentação.
Eles serão abertos em sessões públicas, marcadas de segunda a sexta-feira (dos dias 16 a 20) no Salão de Atos do Parque Barigui, das 9h às 17 horas. A partir da abertura dos envelopes, a comissão passa para análise das propostas e o resultado do julgamento será publicado no site da Urbs (www.urbs.curitiba.pr.gov.br) e no Diário Oficial do Município. A previsão é que os 750 novos táxis estejam em operação já no próximo semestre.
O julgamento obedecerá critérios de pontuação definidos em edital. No final de todo o processo de licitação, a frota, que há 40 anos é de 2.252 veículos, vai passar para 3.002 táxis.
O edital prevê 700 autorizações para táxi convencional e executivo; mais 30 táxis convencionais, para operação por taxistas com deficiência física; e 20 para a categoria de táxi especial compartilhado. O táxi especial compartilhado deverá atender prioritariamente usuários com deficiência, mas quando não houver este atendimento, também pode atuar como convencional.
Nova operação
Além do aumento da frota, a cidade também terá um aumento na oferta do serviço. Isso porque a partir de agora todos os táxis – antigos ou novos – terão que estar em operação no mínimo 12 horas por dia, com 100% da frota em operação nos horários de pico, definidos em decreto, assinado em agosto pelo prefeito Gustavo Fruet. Só a exigência de tempo mínimo de operação representa um aumento de 30% na oferta do serviço, o que equivale à entrada em operação de cerca de 650 táxis.
Para que todos os taxistas operem dentro das novas normas, o decreto também determinou o recadastramento de todos os permissionários do táxi – feito em outubro – com o cancelamento das permissões e a concessão de autorizações para operação do serviço.
Os documentos entregues pelos taxistas no recadastramento estão sendo analisados pela Urbs e, se estiverem de acordo com as exigências legais, os taxistas serão chamados para assinar o Termo de Autorização, passando a partir daí a ser autorizatário dentro das mesmas regras dos táxis que estão em licitação.
O tempo diário de serviço que na prática acaba ficando a critério do taxista, agora será controlado, com fiscalização intensiva, garantindo que a população tenha acesso a um táxi quando precisar.